Publicidade

Estado de Minas CELEBRIDADES

Paula Lavigne, esposa do Caetano Veloso, causa polêmica ao fumar maconha em Montevidéu

A produtora de cinema elogia a liberdade uruguaia e pede que o Brasil descriminalize essa droga


postado em 08/03/2017 10:44

Na madrugada desta quarta, dia 8 de março, a atriz e produtora de cinema Paula Lavigne, de 47 anos, esposa do cantor Caetano Veloso, causou polêmica em sua conta no Instagram ao publicar um vídeo em que aparece fumando maconha num rua de Montevidéu, capital do Uruguai. Ela está no país para acompanhar a turnê sulamericana do marido.

"Estamos aqui na rua, em Montevidéu, com um baseado na mão, superlegalizado, sem problema nenhum. Coisa que a gente tem que fazer no Brasil", diz Paula Lavigne na abertura do polêmico vídeo. Ao lado de um amigo, o produtor musical Tino Monetti, ela explica que no Uruguai é permitido que qualquer pessoa tenha seis plantas de Cannabis sativa em casa e que, na rua, é possível carregar 30 gr dessa droga, bem como fumar em qualquer lugar.

"A gente tem que descriminalizar a maconha no Brasil, para abrir vaga nos presídios para os políticos, né [sic]? Senão, não vai ter vaga. Lugar de maconheiro não é na prisão", completa Lavigne na gravação que tem quase 10 mil visualizações no Instagram e recebeu centenas de comentários.

Muitos internautas discordam da legalização da maconha em nosso país e da atitude da mulher de Caetano Veloso. "Vocês não têm noção do mal que isso traz", reclama a usuária Flaviamranda. "Acho que legalizar não é fazer uso em público. Canso de ver pessoas fumando em praias e festas no Brasil. Mas, é preciso ter consciência do uso da Cannabis. Vocês vêm de uma realidade cultural diferente de outros cidadãos brasileiros. Infelizmente, a população brasileira não tem estrutura para essa liberação", comenta Dansbarroso. "Sou professora. Os meus alunos adolescentes que fazem uso dessa 'desgraça' estão no fundo do poço. Abandonam a escola. E levam terror às suas famílias. Vocês não sabem o que estão dizendo", critica Weila_luz. "Se mudem para o Uruguai, então. Ridículo!", diz a internauta Dianesaraiva. Houve até espaço para brincadeira: "Deve ser maior brisa fumar um [baseado] batendo um papo com o Caetano [Veloso]", afirma Júnior Sql.

Asissta ao vídeo polêmico da Paula Lavigne e tire suas próprias conclusões:

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade