Publicidade

Estado de Minas SAÚDE

Podcast mineiro aborda câncer sem estigmas e de forma humanizada

PodFalar de Câncer, Sim! foi criado pelas oncologistas mineiras Graziella Pilló e Mariana Cunha


postado em 06/10/2023 14:27 / atualizado em 06/10/2023 14:28

(foto: Carol Porto/Divulgação)
(foto: Carol Porto/Divulgação)
Receber o diagnóstico de um câncer não é fácil. Logo após a notícia, inicia-se o tratamento, que por vezes, pode ser invasivo e afetar a saúde física e emocional do paciente, que chega ao consultório com muitas dúvidas e medos. O que muita gente não imagina é  que por parte do médico oncologista que cuida desse paciente também existem uma serie de desafios. Em uma consulta convencional quase não dá para detalhar assuntos relacionados à  alimentação,  questões emocionais e ou espirituais.  Foi aí que surgiu a ideia de produzir o Podcast "PodFalar de Câncer,  Sim!", idealizado pelas médicas oncologistas Mariana Cunha e Graziela Pilló.

O nome foi escolhido porque ainda hoje tem muita gente que sequer menciona o nome da doença.  "Tem paciente que acha que falar a palavra câncer  vai piorar o quadro. O podcast vai trazer informação,  esclarecer dúvidas e abordar assuntos que nem sempre são possíveis numa consulta médica ", antecipa Graziella Pilló.

Os assuntos são os mais variados, desde nutrição à vida sexual do paciente oncológico, já que muitos têm vergonha de  expor aspectos íntimos do tratamento. Toda semana as médicas vão trazer especialistas em várias áreas, além  de histórias inspiradoras de quem passou ou passa pelo tratamento oncológico, e todos os temas serão tratados como muita leveza “Nossa ideia é explorar os assuntos que raramente cabem nos limites de um consultório.  Mostrar que nossa jornada pode se transformar em uma busca incrível pelo autoconhecimento e, claro, por mais saúde e qualidade de vida ”, conta Mariana Cunha.

A doença não define o paciente

As duas médicas atendem pacientes em hospitais públicos e clínicas particulares na capital mineira. Convivem diariamente com a realidade cansativa e árdua de quem lida com a doença. "A partir do diagnóstico muitos pacientes resumem sua vida ao câncer. Queremos mostrar que essa pessoa tem uma história,  uma vida e sonhos antes do câncer.  Mostrar que é possível olhar pra frente , mesmo em tratamento. Uma doença não precisa definir um paciente", ressalta Mariana Cunha.

O olhar multidisciplinar, o tratamento do  corpo e mente são peças chave durante o tratamento. “Cada paciente é único, logo a forma de reagir à doença também. Por isso, buscamos inspirar cada indivíduo, com muita informação e positividade,  isso permite que o tratamento aconteça de forma mais eficaz", defende Graziella.

Podcast PodFalar de Câncer, Sim!
Onde ouvir/assistir: Youtube, Spotify e Instagram @podfalardecancersim

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade