33ª edição do Passaporte Gastrô

São diversos descontos em estabelecimentos reconhecidos da cidade; Participantes novatos e experientes enumeram vantagens

por Aline Gonçalves 23/05/2017 13:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Cláudio Cunha/Encontro
Daniel Dalcin, do restaurante Badejo, que participa pela primeira vez: "Quem ainda não conhece a casa costuma aproveitar essas oportunidades" (foto: Cláudio Cunha/Encontro)
Pague um e leve dois. A fórmula é antiga e explorada na publicidade, mas não deixa de fazer sucesso. Afinal, quem não gosta de pagar menos por mais? Certamente por isso, o Passaporte Gastrô, antigo Passaporte Belvitur, chega a sua 33ª edição sem perder seu poder de atrair o público. Reunindo semestralmente cerca de 45 estabelecimentos de Belo Horizonte, o livrinho é muito esperado. A próxima edição dá a possibilidade de se consumir um prato e ganhar outro de menor ou igual valor entre 1º de junho e 30 de novembro.

O Passaporte custa 59,90 reais e é vendido no supermercado Verdemar e nas lojas Tool Box. "Decidimos entrar porque a promoção atinge a nossa clientela, um público que frequenta muitos restaurantes e mercados selecionados, como o próprio Verdemar", diz o empresário Daniel Dalcin, do restaurante Badejo, que participa pela primeira vez. Também estreia a sorveteria Lullo, eleita a melhor de BH por Encontro Gastrô - O Melhor da Cidade 2016.

Pedro Nicoli/Encontro
O chef Flávio Trombino, à frente do restaurante Xapuri, fundando pela matriarca, Nelsa Trombino, também aderiu: "Meu público noturno dos dias de semana aumentou em função do Passaporte", diz ele (foto: Pedro Nicoli/Encontro)
Para Daniel, será uma oportunidade de testar um tipo de promoção diferente. "Quando assumimos a gestão do Badejo, há mais ou menos dois anos, decidimos que seria importante ter novidades, porque o público quer isso, inclusive os clientes mais cativos", explica. "Já conseguimos uma renovação entre os frequentadores e acho que será ainda maior agora, porque a pessoa que nunca veio costuma aproveitar essas oportunidades", diz.

Como um dos objetivos do passaporte é movimentar os dias mais tranquilos nos estabelecimentos, cada empresário tem liberdade para escolher em quais datas o desconto será válido - a organização sugere que se inclua sempre um dia do fim de semana, para almoço ou jantar. Um dos dias escolhidos por Daniel, por exemplo, é a quarta-feira. "Porque é tradicionalmente dia de jogo de futebol e muitas pessoas desanimam de sair para jantar. O Passaporte é um estímulo", explica. Além disso, o próprio estabelecimento escolhe as regras para o uso do cupom, como associação ou não com outros menus promocionais e limitação de pratos. No Badejo, por exemplo, só as opções individuais podem ser escolhidas por quem tem o Passaporte Gastrô: risoto de lagosta com camarão, penne com frutos do mar e arroz com camarões estão nessa seleção.

Paulo Márcio/Encontro
Clóvis Viana, do restaurante Patuscada: "O cliente está sempre atrás de promoções, e muitas vezes aproveita que vai pagar só um prato para tomar um vinho, comer uma sobremesa" (foto: Paulo Márcio/Encontro)
O chef Clóvis Viana, do restaurante Patuscada, presente no Passaporte Gastrô desde a primeira edição, também enumera outras vantagens. "Vale a pena para todos. O cliente está sempre atrás de promoções, e muitas vezes aproveita que vai pagar só um prato para tomar um vinho, comer uma sobremesa", afirma. Como o Patuscada já oferece outros menus com desconto, como o cardápio do almoço executivo, Clóvis diz que restringe o uso para que não haja acúmulo dos benefícios. Mas todos os pratos do cardápio tradicional podem ser pedidos por quem tem o voucher. "No almoço sempre tem alguém com Passaporte que opta pelo menu fixo. No fim de semana, também", diz.

À frente do restaurante Xapuri há quatro anos, quando sua mãe e fundadora da casa, Nelsa Trombino, decidiu ficar nos bastidores, o chef Flávio Trombino está satisfeito em participar. "Alcança um objetivo interessante. Eu faço a contabilidade aqui e sei que meu público noturno dos dias de semana aumentou em função do  Passaporte", conta. E olha que o chef já aderiu a outros tipos de benefícios, como sites de cupons. "Oferecer promoções é fundamental para mim, porque preciso ter uma estrutura enorme para os sábados e domingos, mas que fica meio vazia em outros dias", diz. Interessante para os restaurantes e, claro, para quem gosta de comer bem e pagar menos.

Fique por dentro

O quê: 33ª edição do Passaporte Gastrô, que oferece cupons promocionais. Comprando um prato, o cliente ganha o segundo de menor ou igual valor
Participantes: Já confirmaram presenças os novatos Badejo e Lullo Gelato, além de casas como Patuscada, Xapuri, Mes Amis, Salumeria Central e Albanos
Quando: Os cupons podem ser usados entre 1º de junho e 30 de novembro
Onde comprar: O livrinho é vendido nas lojas do Verdemar e da Tool Box, a R$ 59,90
Como usar: É necessário preencher o voucher e entregar no restaurante participante. Também é preciso ficar atento às limitações de data e cardápio

Últimas notícias

Comentários