México: terra das tradições

Conhecer a capital do país, Cidade do México, é descobrir os segredos de uma civilização que apesar de sofrida, ainda guarda como mantras a hospitalidade e o amor à vida

por Daniela Costa* 27/01/2014 15:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução Internet
Vista panorâmica do centro da Cidade do México, com destaque para o monumento a Cristóvão Colombo, que fica no cruzamento da Paseo de la Reforma com a avenida Morelos (foto: Reprodução Internet)

O povo que reverencia a morte, também faz questão de celebrar a vida, compartilhando com compatriotas e turistas do mundo inteiro toda a alegria de viver. Quem visita a cidade do México se surpreende ao desvendar seus segredos, conhecer sua história e revisitar o passado, marcado por lutas e conquistas. Por toda a cidade, o que se vê é uma mistura de novo e antigo, de simples e sofisticado, de tradição e modernidade. Em meio a construções antigas – palácios e castelos–, prédios como a Torre Latinoamericana, construída em 1949 e que tem 43 pisos, trazem os sinais do progresso na terra apadrinhada por Nossa Senhora de Guadalupe. Aliás, em homenagem à santa, foi construído o Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe, principal templo da Igreja Católica no continente americano e um dos mais visitados do mundo.Berço das civilizações Maia, Asteca e Inca, reconhecidas pela bravura, inteligência e cultura, a Cidade do México se transformou em um promissor polo turístico, com diversificada gastronomia, artesanato, bares, cervejarias e uma rica atividade artística, que pode ser vista nas obras dos muralistas mexicanos.

Após a Revolução de 1910, a chamada "arte revolucionária", produzida em grandes murais de edifícios públicos, consagrou pintores como Diego Rivera, Clemente Orozco, David Siqueiros e, posteriormente, a polêmica Frida Kahlo. Espalhados pela metrópole, inúmeros museus e galerias de arte de vanguarda guardam cuidadosamente preciosidades do povo mexicano. Vale a pena conhecer o Museu Rufino Tamayo, o Museu Universitário de Arte Contemporânea, o Palácio de Bellas Artes e o Museu Nacional de Antropologia, o maior do país composto por 23 salas temáticas, e que guarda entre seus tesouros a pedra do sol, que traz o lendário calendário Asteca.

Divulgação
Vista aérea do Castelo de Chapultepec (foto: Divulgação)
"Temos muito a mostrar e a oferecer em nosso país. Além das belíssimas praias, queremos que o turista também conheça nossa cultura, arte e tradição. Fomos eleitos pela revista Forbes como a quarta capital do mundo com a maior variedade gastronômica. Além disso, temos uma agitada vida noturna e dispomos de uma excelente rede de hotéis. Estamos prontos para atender aos mais exigentes gostos", declara Miguel Marquez, secretário de Turismo da Cidade do México.

No famoso Bosque de Chapultepec o turista encontra o Museu de Antropologia, onde também está localizado o Castelo de Chapultepec, construído na época do vice-reinado espanhol. No centro histórico, na área do Zócalo, a Praça da Constituição marca o local onde a cidade começou. Logo em frente, a Catedral Metropolitana e, na mesma região, o sítio arqueológico do Templo Mayor, um dos principais da civilização Asteca. O turista pode conhecer, ainda nessa região, o Palácio Nacional, sede do governo mexicano. Em suas escadarias, o mural de Diego Rivera é uma atração à parte. Em lados opostos e circundadas pelo Bosque de Chapultepec, estão localizadas as zonas de Polanco e La condessa, ideais para se realizar passeios noturnos à pé, fazer compras e curtir toda a boemia da cidade.

Os turistas brasileiros não têm o que reclamar da hospitalidade mexicana. "O México é importante para o Brasil, mas os brasileiros são mais importantes para nós, porque são de um país emergente, com turistas exigentes. Um público que objetivamos atrair cada vez mais", diz Jorge Mezher Rage, diretor geral adjunto do Conselho de Promoção Turística do México

Ao longo da Paseo de la Reforma, avenida com mais de 12 km, que corta a região central da capital mexicana, a Zona Rosa traz todo o burburinho das áreas comerciais, com várias opções de hospedagem e uma "caliente" vida noturna. Outra grande atração da cidade é o campus central da Universidade Autônoma do México (Unam), que traz em sua construção toda a simbologia da cultura e das tradições locais – especialmente o famoso prédio da reitoria –, com traços do modernismo latinoamericano. Construído por inúmeros artistas, engenheiros e arquitetos conceituados, desde 2007 o conjunto universitário foi elevado a Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Nos gramados do campus, levar os cães para correr e brincar livremente é um dos programas prediletos da população.

Divulgação
Barcas turísticas que navegam no lago Texcoco, em Xochimilco (foto: Divulgação)
Na terra do famoso personagem Chaves, das touradas e da luta livre, a poesia e o romantismo são vividos intensamente, especialmente em Xochimilco, também conhecido como o "lugar dos campos de flores", onde a cultura indígena ainda é preservada. Sem dúvida, um dos passeios mais simbólicos e marcantes da Cidade do México é flutuar pelos canais do lago Texcoco, em barcas floridas batizadas com nomes de mulher. Enquanto o barqueiro conduz os turistas, o cardápio típico mexicano é servido por moradores locais – normalmente os tradicionais tacos, que são tortilhas à base de milho recheadas com carne picada. Um momento tão especial como esse não poderia deixar de ter uma trilha sonora. Neste caso, ela fica a cargo dos tradicionais mariachis: músicos que cantam, com seus enormes sombreiros e roupas típicas, e embalados por violinos e violões, os sucessos da música popular mexicana. As canções retratam a história de uma civilização que apesar de sofrida, ainda guarda como mantras a hospitalidade, o respeito ao próximo e o amor à vida.

Quem leva: Copa Airlines (voo direto do aeroporto Internacional de Confins)
Onde ficar: Hotel Fiesta Americana Reforma (www.fiestaamericana.com)
Translados: Receptivo México Overseas (www.mexicooverseas.com)
Informações: Conselho de Promoção Turística no México (www.visitmexico.com)

* A repórter viajou a convite da Copa Airlines e do Conselho de Promoção Turística do México

Últimas notícias

Comentários