Publicidade

Estado de Minas ASTRONOMIA

Nasa quer plantar batata em Marte

Agência Espacial Norte-Americana está testando a possibilidade de plantar o tubérculo no Planeta Vermelho


postado em 08/01/2016 13:08

Além de levar astronautas para Marte no ano de 2030, a Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) também pretende tentar cultivar batata nesse planeta. Parece até roteiro do filme Perdido em Marte, dirigido por Ridley Scott, que passou recentemente nos cinemas, e que traz Matt Damon no papel de um astronauta que fica "para trás" no Planeta Vermelho e, para sobreviver, precisa plantar o tão consumido tubérculo.

Ficção à parte, a Nasa firmou uma parceria com o Centro Internacional da Batata, do Peru, para a realização de um experimento em que o legume é plantado num ambiente semelhante ao que existe em Marte. O solo utilizado é da região peruana de Pampas de La Joya, que, segundo a agência, possui qualidades parecidas com as do Planeta Vermelho.

No teste, as batatas serão cultivadas numa espécie de estufa. Isso porque a composição do ar precisa ser formada por 95% de dióxido de carbono – a mesma do nosso vizinho do Sistema Solar.

"Estou empolgado por levar batatas para Marte, e ainda mais por poder simular um terreno marciano numa área próxima ao local onde essas plantas surgiram", diz Julio Valdivia-Silva, pesquisador do Instituto de Busca por Inteligência Extraterrestre (SETI, na sigla em inglês), que é ligado à Nasa.

A escolha desse tubérculo não se deu em vão. Segundo a Nasa, a facilidade de plantio e cultivo, e por ser um dos alimentos mais consumidos em todo o mundo, fazem da batata um excelente candidato para se iniciar uma cultura em Marte.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade