Publicidade

Estado de Minas ASTRONOMIA

Observatório astronômico belga homenageia David Bowie com constelação

O formato de raio do conjunto de estrelas lembra a célebre maquiagem do artista britânico


postado em 18/01/2016 16:56

Já imaginou ter seu nome associado a uma constelação? Pois é, após a morte do cantor britânico David Bowie, aos 69 anos, no dia 10 de janeiro, um grupo de astrônomos belgas decidiu prestar uma homenagem ao artista. Após uma longa procura, o Observatório Público MIRA, de Bruxelas, na Bélgica, encontrou uma formação de estrelas que lembra a célebre maquiagem de raio do artista.

Foram escolhidas sete estrelas próximas a Marte para formar o símbolo do raio, que foi usado por Bowie no disco Alladin Sane, de 1973. "Não foi fácil escolher as estrelas apropriadas", diz o astrônomo Philippe Mollet, em pronunciamento à imprensa. A constelação em homenagem ao cantor britânico possui a seguinte formação estelar: Sigma Librae, Spica, Zeta Centauri, SAO 204132, Sigma Octantis, Beta Trianguli Australis e SAO 241641.

"A constelação é uma cópia do icônico raio de Bowie e foi registrada no momento exato de sua morte", explica Mollet.

A ação do observatório belga está ligada ao projeto do Google Sky chamado "Stardust for Bowie" (em inglês), que permite aos fãs deixar comentários ou nomes de músicas nas fronteiras da nova constelação.

A constelação é formada pelas estrelas Sigma Librae, Spica, Zeta Centauri, SAO 204132, Sigma Octantis, Beta Trianguli Australis e SAO 241641, que ficam perto de Marte (Mars, na imagem)(foto: MIRA PUBLIC OBSERVATORY/Reprodução)
A constelação é formada pelas estrelas Sigma Librae, Spica, Zeta Centauri, SAO 204132, Sigma Octantis, Beta Trianguli Australis e SAO 241641, que ficam perto de Marte (Mars, na imagem) (foto: MIRA PUBLIC OBSERVATORY/Reprodução)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade