Publicidade

Estado de Minas ESPORTE

Notícias sobre Schumacher 'não são boas', diz Luca di Montezemolo

O ex-presidente da Ferrari, porém, não contou detalhes sobre o estado de saúde o heptacampeão da F1


postado em 04/02/2016 14:58 / atualizado em 04/02/2016 16:57

Após sofrer um acidente de esqui na França, em dezembro de 2013, o ex-piloto de Formula 1 e heptacampeão da categoria, Michael Schumacher, de 47 anos, continua recebendo atendimento médico em sua casa na Suíça, mas, segundo o ex-presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, que foi seu chefe por muitos anos, a condição de saúde do atleta não é boa.

"Tenho notícias e, infelizmente, não são boas. A vida é estranha. Ele era um piloto fantástico e só teve um acidente na Ferrari, em 1999", diz Montezemolo, em entrevista à agência de notícias Reuters.

O italiano, porém, não quis dar detalhes sobre o quadro de saúde de Schumacher.

O piloto alemão chegou a ficar em coma por seis meses após o acidente de esqui. Como os ferimentos foram extremamente graves, tanto a família quanto os médicos sempre se mostraram cautelosos acerca do período de recuperação do atleta. Em novembro de 2014, o médico francês Jean-François Payen, que sempre esteve ao lado do piloto, chegou a dizer que Schumacher precisaria de anos para se recuperar.

(com Diário de Notícias)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade