Academia Mineira de Letras é a nova integrante do Circuito Cultural da Praça da Liberdade

Com 107 anos de história, AML oferecerá programação gratuita e aberta ao público

por Da redação com assessorias 24/06/2016 12:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Izabel Chumbinho/Divulgação
Com seu inconfundível casarão antigo, a Academia Mineira de Letras, que fica na rua da Bahia, passa a ser o mais novo equipamento cultural do Circuito Liberdade (foto: Izabel Chumbinho/Divulgação)
A partir do final do mês de junho, a Academia Mineira de Letras (AML) passa a integrar o Circuito Liberdade como um de seus equipamentos culturais. O acordo de cooperação com o governo do estado, via secretaria de estado de Cultura e Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG), foi assinado na sexta-feira, dia 17 de junho, em solenidade na sede da instituição.

A localização da AML, o valor histórico da edificação, a riqueza de seu acervo e a programação cultural aberta ao público são alguns dos atributos que conferem à instituição uma configuração compatível com o intuito do Circuito Cultural da Praça da Liberdade. Com a integração oficial ao projeto, a academia terá também um assento no Comitê Gestor do Circuito Liberdade e participará das articulações para a construção de projetos culturais em rede ao lado dos outros 13 equipamentos que já compõem o complexo cultural.

Segundo Michele Arroyo, coordenadora geral do Circuito Liberdade, o acervo da AML se encaixa na perspectiva de ampliação do olhar sobre o circuito, trazendo ganhos de conteúdo e possibilidades de construção de novos roteiros de visitação do público com foco na literatura. "Com a academia, nos aproximamos da construção de pequenos circuitos dentro do Circuito Liberdade, além de reforçar o eixo da rua da Bahia, que tem grande valor cultural na cidade e passou a integrar o projeto em 2015", explica Arroyo.

A nova presidente da Academia Mineira de Letras, Elisabeth Fernandes Rennó de Castro, também ressalta os ganhos da integração institucional: "Estar no circuito aumenta o prestígio da academia e é um momento histórico para nós".

A partir da assinatura do acordo de cooperação com o Iepha-MG, a Academia Mineira de Letras dará continuidade ao planejamento de ações para a construção de uma programação aberta ao público. As atividades passarão a integrar o roteiro de visitação do Circuito Liberdade com foco na literatura. A AML fica na rua da Bahia, 1466, Lourdes.

Circuito Liberdade

O Circuito Liberdade foi criado em 2010 e já é reconhecido como um importante corredor de cultura do país. Abrigado em uma área histórica da capital mineira, o circuito é composto por 14 instituições, dentre museus e centros culturais, que mapeiam diferentes aspectos do universo cultural e artístico.

Equipamentos que compõem o Circuito Cultural da Praça da Liberdade:

  • Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa
  • Palácio da Liberdade
  • Arquivo Público Mineiro
  • Museu Mineiro
  • Centro de Arte Popular Cemig
  • Cefart Liberdade
  • BDMG Cultural
  • Espaço do Conhecimento UFMG
  • MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal
  • Memorial Minas Gerais Vale
  • Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB)
  • Horizonte Sebrae – Casa da Economia Criativa
  • Casa Fiat de Cultura
  • Academia Mineira de Letras

Últimas notícias

Comentários