Grupo que quer separar sul do resto do país organiza plebiscito informal

As urnas e as cédulas serão custeadas por voluntários

por Diário de Pernambuco 25/07/2016 12:08

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook/FanPageMeuSul/Reprodução
Movimento separatista O Sul é Meu País almeja a independência da região sul do Brasil (foto: Facebook/FanPageMeuSul/Reprodução)
Você já imaginou os estados de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul formando um país independente? É o que o movimento O Sul é Meu País" almeja. O grupo está organizando um plebiscito informal sobre a causa. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a votação está marcada para o dia 2 de outubro, das 8h às 17h, paralela às eleições municipais, e contará com 4 mil "urnas" nos três estados.

A cédula terá a pergunta: "Você quer que o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul formem um país independente?".

A meta do movimento é alcançar 1 milhão de pessoas, número equivalente a 5% do eleitorado da região sul. As urnas e as cédulas serão custeadas por voluntários.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, o promotor gaúcho Rodrigo Zilio, do gabinete eleitoral, afirmou que a votação, embora não tenha legalidade, é permitida. Para ter legalidade, o plebiscito deveria seguir a Lei 9.709. Em outras palavras, ser aprovado pelo Congresso sob regulação da Justiça Eleitoral.

Últimas notícias

Comentários