Publicidade

Estado de Minas ESPORTE

Cena emocionante no triatlo: britânico termina em segundo graças ao irmão

Jonny Brownlee não tinha mais condição de finalizar a prova, mas a ajuda familiar foi essencial


postado em 21/09/2016 14:24

Quando se fala em esporte, o que é mais importante, ganhar ou competir? Apesar da vitória ser almejada por muitos, às vezes, um gesto de compaixão vale mais que o título. Isso aconteceu na última etapa do compeonato mundial de triatlo, no dia 19 de setembro. Faltando apenas 1 km para o fim da prova, realizada em Cozumel, no México, o triatleta britânico Jonny Brownlee, que liderava a corrida, não tinha mais forças para continuar até o final. Porém, quando seu irmão Alistair Brownlee viu que Jonny não estava bem, resolveu ajudá-lo e carregá-lo até a linha de chegada.

A cena inusitada e emocionante marcou a prova, que foi vencida pelo sulafricano Henri Schoeman, com o tempo de 1h46min50s. Os irmãos Brownlee chegaram apenas 18 s atrás dele. Quando estavam preste a alcançar a reta final, Alistair deu um empurrão no seu irmão mais novo, para que Jonny conseguisse cruzar a linha de chegada em segundo lugar.

"Foi uma reação humana natural. FIz para meu irmão, mas teria feito o mesmo por qualquer pessoa. Acho que não conseguir vencer é o mais perto da 'morte' que se pode estar no esporte", diz Alistair Brownlee em entrevista coletiva após a prova final do mundial de triatlo.

Assista, abaixo, à cena que comoveu os espectadores mexicanos e a muitos internautas:

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade