O que você acha de alguém que trabalha 'passeando' com pessoas?

Ao invés de cachorros, Chuck McCarthy decidiu ganhar dinheiro com gente

por João Paulo Martins 15/09/2016 16:43

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Circa News/Reprodução
O ator Chuck McCarthy decidiu trabalhar com uma atividade nada comum: "passeador" de pessoas (foto: YouTube/Circa News/Reprodução)
Hoje em dia, não é estranho ver pessoas ganhando dinheiro para passear com cachorros na rua. Na verdade, é cada vez mais comum encontrar alguém guiando vários cãezinhos por parques e passeios das grandes cidades. Porém, em Los Angeles, nos Estados Unidos, um cidadão decidiu inovar. Ele se tornou "passeador" de pessoas.

Chuck McCarthy, que é ator, começou a trabalhar com essa inusitada função depois que ficou desempregado. "Quanto mais eu penso nisso, menos estranho parece", brinca o americano em entrevista ao jornal inglês The Guardian. Ele revela ao periódico que cada caminhada de uma milha (pouco mais de 1,6 km) custa US$ 7 (cerca de R$ 23).

O jeito tranquilo e amigável de McCarthy já lhe rendeu diversos clientes que querem apenas companhia ou uma motivação para fazer caminhadas. Além de receber pedidos pelo Facebook, ele também distribui panfletos nas ruas de Los Angeles – outra propaganda é a camisa que usa, com a frase "people walker" (passeador de pessoas, em tradução livre). "Tenho feito passeios todos os dias da semana, e alguns clientes estão virando fixos, que é melhor para mim", diz o ator ao The Guardian.

A ideia de Chuck McCarthy já está fazendo tanto sucesso que uma israelense já começou a trabalhar como "passeadora" em Tel Aviv e um inglês quer que ele leve o serviço para Londres. Na verdade, o próprio "passeador" de pessoas está pensando em criar uma espécie de Uber para popularizar essa prática curiosa.

Últimas notícias

Comentários