Jogadores do Eibar causam polêmica com vídeo de ménage

Sergi Enrich e Antonio Luna aparecem numa gravação tendo relações sexuais com uma jovem

por Vinícius Andrade 10/10/2016 12:18

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Instagram/enrichsergi/Reprodução
Os jogadores espanhóis Sergi Enrich e Antonio Luna, que atuam no Eibar, tiveram um vídeo íntimo vazado na internet, e causaram polêmica (foto: Instagram/enrichsergi/Reprodução)
Os jogadores Sergi Enrich e Antonio Luna, do clube espanhol Eibar, foram destaques nos noticiários no início de outubro. Não pelas belas jogadas, mas por aparecerem em um vídeo fazendo sexo com uma jovem, um típico caso de "ménage a trois". A gravação vazou na internet e logo viralizou. Diante da repercussão, Enrich emitiu um comunicado pedindo desculpas pela divulgação das imagens.

"Lamentamos que a divulgação deste vídeo possa prejudicar nossa imagem, mas, especialmente, a imagem do clube cujas cores defendemos, e possa ter ofendido nossos torcedores e a cidade de Eibar, em geral", diz o jogador em sua conta oficial no Twitter.

O atleta afirma que o vídeo foi divulgado sem a sua permissão. "Lamentamos profundamente que, por uma indiscrição, pela qual não somos responsáveis, tenha sido divulgado [o vídeo] sem o nosso conhecimento, muito menos sem nosso consentimento", diz o comunicado publicado na rede social.

O atacante espanhol ainda se desculpou por eventuais danos à jovem que aparece na filmagem. "Queremos igualmente nos desculpar pelo dano que possa causar o vídeo à imagem da terceira pessoa envolvida", completa a nota.

A atitude do jogador dividiu opiniões. O usuário identificado como Juanito elogiou a postura de Enrich: "As desculpas te honram. Vão te vaiar, mas você deu a cara. É o que mais importa". O internauta Davi Sarmiento também apoiou o atleta, no Twitter: "Não tem que se desculpar com ninguém. É sua vida e você pode fazer o que quiser".

Já José A. Rodríguez condenou o comportamento dos jogadores: "Os dois são responsáveis a partir do momento em que gravam a cena, mesmo com a menina dizendo que não era para filmar". O perfil intitulado Liz também não acredita na inocência dos futebolistas: "Com que finalidade gravaram o vídeo sem o consentimento da terceira pessoa se não for para divulgá-lo?".

O clube espanhol ainda não se manifestou sobre o assunto.

Últimas notícias

Comentários