Saiba porque um jovem americano acordou falando fluentemente outro idioma

Reuben Nsemoh sofreu uma grave batida na cabeça, que o deixou em coma. Quando acordou, estava falando espanhol, sem nunca ter estudado a língua

por Vinícius Andrade 26/10/2016 17:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Wsbtv.com/Reprodução
O jovem americano Reuben Nsemoh (detalhe) ficou em coma após sofrer um acidente no futebol, e quando acordou, estava falando fluentemente outro idioma (foto: Wsbtv.com/Reprodução)
Um jovem americano, de 16 anos, do condado de Gwinnett, no estado da Geórgia, deixou amigos e parentes intrigados após ter acordado de um coma falando uma língua que ele não tinha domínio, ou pelo menos achava que não tinha.

O estudante Reuben Nsemoh estava jogando bola com os amigos da escola e acabou levando um chute na cabeça. Ele teve sangramento no cérebro e ficou em coma por três dias. Ao acordar, ao invés de falar o inglês, sua língua materna, o rapaz começou a se comunicar fluentemente em espanhol, idioma que não dominava.

Nsemoh acredita que o idioma estava escondido em seu subconsciente. Em entrevista à emissora local Wsbtv, ele afirma que os amigos falavam castelhano e tentavam ensiná-lo. Além disso, o irmão do jovem também falava a língua latina fluentemente.

De acordo com o psiquiatra Arthur Kümmer, professor da UFMG, é impossível alguém acordar de um coma e falar uma língua que nunca estudou. "O que pode ter acontecido, neste caso, é o garoto ter esquecido que sabia espanhol. Ou, então, ele sabia, mas era inibido para falar. O acidente pode ter causado uma desinibição no comportamento do garoto, que passou a falar uma língua que não estava acostumado", comenta o especialista.

Ainda segundo o psiquiatra, casos semelhantes ao de Nsemoh já foram registrados na literatura. Porém, em todos eles o paciente tinha algum contato com o idioma que passou a falar.

Últimas notícias

Comentários