A cura do câncer pode estar nas fezes dos gatos?

Estudo americano descobre um protozoário capaz de combater as células cancerosas

por Encontro Digital 09/12/2016 08:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Cientistas americanos descobriram que o protozoário Toxoplasma gondii, que vive nas fezes dos felinos, pode ajudar no combate às células cancerosas (foto: Pixabay)
Parece mentira, mas um estudo realizado pela Escola de Medicina da Faculdade de Dartmouth, nos Estados Unidos, encontrou um parasita nas fezes dos gatos que pode ajudar na busca pela tão sonhada cura para o câncer.

Felinos, incluindo os gatos domésticos, são as únicas espécies que contêm em suas fezes o protozoário chamado Toxoplasma gondii. Este micro-organismo, que é muito perigoso, pode causar várias doenças, incluindo a toxoplasmose e a esquizofrenia. Porém, no estudo americano, publicado no jornal científico PLOS Genetics, os cientistas descobriram que o T. gondii pode ser eficaz no tratamento do câncer.

Segundo os pesquisadores, as proteínas liberadas pelo protozoário ajudam nosso sistema imunológico na destruição de células cancerosas do ovário. Como o câncer de ovário, normalmente, é difícil de ser diagnosticado no estágio inicial, ele acaba tendo poucas chances de recuperação da paciente. Além disso, essa é a quinta forma mais fatal da doença entre as mulheres americanas, sendo fatal em 50% dos casos.

As proteínas do Toxoplasma gondii poderiam "revelar mecanismos fundamentais de combate à infecção e que poderiam, também, ajudar a identificar [...] os tratamentos mais eficazes contra tumores sólidos altamente agressivos", explica David Bzik, professor de microbiologia e imunologia, e um dos responsáveis pelo estudo.

Os cientistas conseguiram mostrar que o protozoário T. gondii pode ser eficaz não apenas no tratamento de tumores no ovário, mas também contra células cancerosas na mama, nos rins, no fígado e nos pulmões.

(com Agência Sputnik)

Últimas notícias

Comentários