Jovem gaúcha perde 80 kg em três anos e conquista 14 concursos de beleza

Sabrina Sgarbi é natural do interior do Rio Grande do Sul e em 2012 chegou a pesar 140 kg

por João Paulo Martins 21/12/2016 19:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Instagram/sabrinasgarbi/Reprodução
A gaúcha Sabrina Sgarbi, de 25 anos, chegou a pesar 140 kg e, após a cirurgia bariátrica e a reeducação alimentar, perdeu 80 kg e já conquistou 14 títulos de concursos de beleza (foto: Instagram/sabrinasgarbi/Reprodução)
Quem vê a jovem Sabrina Sgarbi, de 25 anos, moradora da pequena cidade de Marau, no norte do Rio Grande do Sul, não imagina que em 2012 ela chegou a pesar 140 kg e tinha obesidade mórbida. Graças a uma cirurgia bariátrica feita nesse mesmo ano, além de uma mudança drástica nos hábitos alimentares, ela conseguiu perder nada menos que 80 kg e ingressar no mundo dos concursos de beleza.

"A felicidade deve vir de dentro. Você precisa aceitar suas qualidades e seus defeitos, mas não pode estagnar. [...] Dar o primeiro passo não é fácil. Mas, e o que na vida é fácil? [...] Eu aprendi a dizer não. Aprendi a me amar mais do que tudo nesta vida e aprendi que a minha felicidade só cabe a mim torná-la real.[...] Só nos piores momentos da nossa vida é que vamos descobrir o quanto somos fortes e quão longe podemos chegar", diz Sabrina Sgarbi em uma publicação feita em sua conta oficial no Instagram, que já tem mais de 30 mil seguidores. Além dessa rede social, a jovem gaúcha também criou um canal no YouTube (com quase 66 mil seguidores) para dar dicas de saúde, de bem-estar e de alimentação, além, claro, de apresentar testemunhos de sua luta contra a balança.

Em entrevista para o portal Uol, Sabrina lembra que sofria bullying de amigos, de moradores de Marau e de internautas, e que se sentia ainda mais triste por não conseguir comprar as roupas que gostava, tendo de usar, por exemplo, calças masculinas tamanho 54.

Ganho de peso

Para chegar aos incríveis 140 kg, a modelo gaúcha conta que quando tinha 16 anos decidiu virar vegetariana. Mas, apesar de não comer carne, perdia as "estribeiras" com alimentos ricos em carboidratos e gorduras. "Muitos me perguntaram como consegui engordar sendo vegetariana. Salada, realmente, não engorda, mas comia pizza, pastel, massas, sanduíches etc", revela Sabrina ao portal Uol.

O problema é que ela não tinha autocontrole e acabava exagerando nas refeições. Ela tentava de tudo para perder peso, mas não conseguia. Chegou até a usar remédios, em vão.

Quando percebeu que sua saúde estava em risco, devido à fadiga extrema, às dores na coluna, no joelho e nas articulações, ao excesso de gordura no fígado, à pressão alta e à taquicardia, a jovem decidiu apelar para a cirurgia bariátrica em novembro de 2012. Mas, ela lembra que, mesmo após o procedimento, sua mente ainda era "gorda" e, com isso, precisou de muita força de vontade para mudar. "Após seis meses, eu já poderia ingerir açúcar branco e bebidas gaseificadas, mas me policiei e fiquei mais de um ano sem doces, farinha branca e frituras. Não bebo refrigerante há quatro anos", conta Sabrina Sgarbi ao Uol.

Além da reeducação alimentar, o apoio de uma amiga nutricionista e os exercícios físicos fizeram com que a moradora de Marau, que tem 1,70 m de altura, conquistasse seu primeiro título de beleza, o de Rainha Italiana, em junho de 2014, em sua cidade natal. Depois deste, foram mais 13 concursos vencidos, incluindo nacionais e internacionais. Sua grande conquista foi o título de Miss Mundial 2015.
YouTube/Sabrina Sgarbi/Reprodução
Em vídeo divulgado no YouTube, Sabrina revela que não pretende retirar o excesso de pele que ficou em seu corpo após a perda de 80 kg (foto: YouTube/Sabrina Sgarbi/Reprodução)

Marcas da obesidade

Apesar de estar com outra aparência e com outro ânimo, Sabrina faz questão de deixar o excesso de pele em seu corpo, como forma de lembrança, ou como ela mesma diz, reflexo do orgulho de ter vencido. "Não retirei nada. Eu poderia, sim, retirar, mas elas continuam comigo. Algumas das milhares de coisas ruins sobre a obesidade, é que ela deixa conosco uma bagagem que, querendo ou não, temos de carregar para sempre. É um fardo doloroso para algumas pessoas. Confesso que, no começo, também tive medo de não me aceitar. E conforme fui emagrecendo, fui percebendo o quanto eu estava errada, o quanto estava tendo pensamentos fúteis", diz a jovem em sua conta do Instagram.

Sabrina Sgarbi chegou, inclusive, a publicar um vídeo em seu canal no YouTube para mostrar as partes de seu corpo que mais possuem pele sobrando, flacidez e estrias, como a barriga, a coxa e a parte de baixo do antebraço. A única intervenção estética que ela fez foi a cirurgia de mamoplastia e a colocação de próteses de silicone nos seios.

Últimas notícias

Comentários