Acessório promete ajudar a dormir e a ter sonhos lúcidos

A iBand ainda está em fase de produção, mas promete revolucionar a vida de quem tem insônia

por João Paulo Martins 23/01/2017 16:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
iBand/Divulgação
A faixa iBand promete ajudar as vítimas da insônia, promovendo o relaxamento necessário na hora de dormir. Além disso, ela seria capaz de induzir os sonhos lúcidos ou conscientes (foto: iBand/Divulgação)
Quem sofre com insônia acaba virando "refém" dos medicamentos que induzem o sono. Pois, só assim, conseguem relaxar e proporcionar o devido descanso para o corpo. Para ajudar as pessoas que têm problemas na hora de dormir, a empresa holandesa Arenar B.V. criou um acessório, uma espécie de faixa, que promete o relaxamento necessário para se alcançar o mundo de Morfeu. Além disso, o iBand, como é chamado o aparelho, também permite que o usuário tenha sonhos lúcidos, ou seja, que tenha consciência de que está sonhando.

O iBand começou como um projeto de financiamento público em dois sites: Kickstarter e Indiegogo. Mas, devido ao sucesso, ultrapassou, e muito, as metas dos desenvolvedores: dos 50 mil euros (R$ 170 mil) originalmente previstos no Kickstarter, acabou alcançando mais de 644 mil (cerca de R$ 2,18 milhões); e, no Indiegogo, o valor inicial de US$ 76 mil (R$ 245 mil) chegou a US$ 980 mil (cerca de R$ 3,16 milhões). Apesar de ainda estar em fase de produção, a Arenar B.V. já está recebendo pedidos, na forma de pré-venda, por US$ 169 (R$ 545).

De acordo com os criadores do iBand, o "segredo" da faixa está em sua capacidade de entender a forma como o usuário se porta antes de "pegar no sono". O acessório é equipado com sensor de ondas cerebrais e medidores de movimento do corpo, de batimentos cardíacos e de temperatura. Caso o equipamento perceba que há necessidade de induzir o relaxamento, são acionadas lâmpadas de LED, que emitem padrões específicos de luz, e liberados sons relaxantes pelas caixas que ficam embaixo do travesseiro, mas conectadas à faixa. Esses estímulos, segundo os desenvolvedores, propiciam a chegada mais rápida do sono e o despertar de forma natural.

O acessório curioso é equipado ainda com a tecnologia bluetooth, para ser conectado ao smartphone e, por meio de um aplicativo, realizar o monitoramento das noites de sono. Ele também permite que o usuário programe um alarme despertador.
iBand/Divulgação
(foto: iBand/Divulgação)

Uma característica que chama a atenção no iBand é sua suposta capacidade de induzir os chamados sonhos lúcidos. "Sonhos são a melhor e mais autêntica experiência de VR (realidade virtual); um mundo sem regras ou consequências. Imagine poder ficar totalmente consciente enquanto sonha, sem estar acordado. Esse estado da consciência é possível com o sonho lúcido", diz o texto publicado pelo iBand no site do Kickstarter.

Para quem não sabe, o sonho consciente ocorre apenas durante a fase REM (Rapid Eyes Moviment, ou movimento rápido dos olhos) do sono. Neste momento, nosso cérebro inibe as funções motoras, para que não tenhamos capacidade de reproduzir as ações imaginadas pelo inconsciente. O iBand consegue determinar essa condição do corpo e possibilita ao usuário a experiência do sonho lúcido, graças a estímulos audiovisuais.

"Os sonhos conscientes têm sido cada vez mais investigados por cientistas. Muitos psiquiatras e pesquisadores reconhecem que os sonhos lúcidos podem ajudar na criatividade artística, na solução de problemas, no desempenho esportivo e no aprendizado de línguas. E pode, ainda, ajudar pessoas com propensão a pesadelos, a terem controle sobre seus medos", dizem os criadores do acessório que promete revolucionar a forma de dormir.

Últimas notícias

Comentários