Vídeo traz cenas inéditas do GP de San Marino que vitimou Ayrton Senna

As imagens de 1994 forma feitas da arquibancada por um torcedor norueguês

por Marcelo Fraga 10/02/2017 17:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Thomas Grønvold/Reprodução
Após saber do acidente com o ex-companheiro Ayrton Senna, no GP de San Marino, em 1994, o piloto da McLaren Gerhard Berger demonstra muita preocupação nos boxes da equipe (foto: YouTube/Thomas Grønvold/Reprodução)
O tradicional circuito de Ímola, na cidade de San Marino, na Itália, foi palco de uma da páginas mais tristes da história da Fórmula 1. Há quase 23 anos, no dia 1º de maio de 1994, a Williams azul e branca do piloto brasileiro Ayrton Senna surgiu descontrolada na sétima volta da corrida e se despedaçou contra o muro de proteção na curva Tamburello. A colisão causou a morte do tricampeão, um dos maiores ídolos do esporte mundial.

Antes disso, no sábado, dia 30 de abril, o austríaco Roland Ratzenberger também perdeu a vida. O piloto da Simtek perdeu o controle e bateu seu carro contra o muro da curva Villeneuve. No dia anterior, durante os treinos livres da sexta-feira (29), o brasileiro Rubens Barrichello, que, na época, corria pela Jordan, foi outra vítima do ciruito. Ele sofreu um grave acidente, mas escapou com vida.

Mesmo após tanto tempo, as imagens dos acidentes fatais de Senna e Ratzenberger, registradas pela transmissão oficial da Fórmula 1, continuam gravadas na memória de torcedores do mundo inteiro. Porém, não foram só as câmeras de TV que captaram cenas do fatídico Grande Prêmio de San Marino. Um torcedor norueguês chamado Thomas Gronvold, que estava nas arquibancadas do circuito de Ímola, também capturou imagens da corrida, no domingo, e do treino oficial, que ocorreu no dia anterior.

As gravações, que foram divulgadas pelo torcedor no YouTube, mostram trechos que só foram vistos por quem estava presente na reta dos boxes naquele dia sombrio para o automobilismo.

Última volta de Ratzemberger

O vídeo gravado por Thomas Gronvold mostra o austríaco iniciando a volta em que ocorreu o acidente que o matou. Em seguida, é possível ver o helicóptero médico decolando para levá-lo ao hospital, além dos destroços do Simtek sendo rebocados.

Acidente na largada

O Grande Prêmio de San Marino foi iniciado com um acidente, registrado em vídeo amador pelo torcedor norueguês. A Benetton do finlandês J.J. Letho ficou parada, o que fez com que o português Pedro Lamy a atingisse com sua Lotus. Os pilotos não ficaram feridos e o finlandês saiu aplaudido pelos torcedores.

Bandeira vermelha

A câmera de Thomas Gronvold captou também a bandeira vermelha sendo agitada logo após o acidente fatal de Ayrton Senna, indicando que a corrida estava paralisada e que os pilotos deveriam seguir para os boxes.

Desespero de Gerhard Berger

Após entrar nos boxes e saber do acidente de Senna, o austríaco Gerhard Berger, que foi companheiro do brasileiro nos tempos da McLaren, aparece nas imagens de Gronvold conversando preocupado com um engenheiro da equipe, talvez tentando saber sobre a situação do ex-companheiro.

Fim da corrida

O vídeo amador mostra ainda o final da corrida, com a vitória de Michael Schumacher, que herdou a primeira posição após Ayrton Senna se acidentar. Chama a atenção a comemoração da torcida, como se nada tivesse acontecido. No entanto, há uma explicação para isso: "Os torcedores não recebiam qualquer informação sobre a gravidade do acidente e o estado de saúde de Ayrton. Só soubemos da morte dele algumas horas depois, quando chegamos ao hotel. Foi um fim de semana horrível", conta o autor das imagens ao site italiano Passione a 300 All'Ora, especializado em automobilismo.

Abaixo, um vídeo com as cenas inéditas do famigerado GP de San Marino, de 1994, que vitimou o tricampeão Ayrton Senna:

Últimas notícias

Comentários