Publicidade

Estado de Minas COMPORTAMENTO

Estudo americano mostra que casais costumam se separar mais nas férias e no final de ano

Segundo a pesquisa, momentos intensos e estressantes favoreceriam a separação


postado em 18/04/2017 14:44

Você conhecem casais que não lidam bem com situações estressantes ou emocionalmente intensas? Um estudo realizado pela equipe da socióloga Julie Brines, da Universidade de Washington, em Seattle, nos Estados Unidos, mostra que os casais americanos costumam se separar mais depois das férias de Verão e das festas de final de ano.

De acordo com os pesquisadores, o aumento no pedido de separação nesses dois períodos do ano se justifica por serem momentos emocionalmente mais intensos e estressantes, principalmente quando as expectativas, que costumam ser mais elevadas, não são cumpridas.

A equipe de Julie Brines analisou os pedidos de separação realizados entre os anos de 2011 e 2015, no estado de Washington, e verificou que existe um "padrão que se mantém constante ano após ano e se repete em todas as cidades". Além disso, foram avaliados dados relativos a desquites nos estados de Ohio, Minnesota, Flórida e Arizona, que possuem legislações parecidas com as de Washington, mas que têm situações econômicas diferentes. "Também, neste caso, o padrão se manteve mais ou menos equivalente", comenta Brines, no artigo de divulgação do estudo.

Apesar dessa descoberta, a socióloga americana lembra que falar em separação durante as férias de Verão ou nas festas de fim de ano continua sendo considerado um tabu, já que estamos tratando de "momentos familiares 'sagrados'".

(com Agência Télam)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade