Telescópio russo é inaugurado no observatório de Brazópolis, em Minas Gerais

Localizado no Pico dos Dias, o equipamento fruto da parceria entre Brasil e a agência espacial Roscosmos

por Encontro Digital 05/04/2017 17:27

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook/laboratorio.nacional.de.astrofisica/Reprodução
O novo telescópio instalado no observatório do Pico dos Dias, em Brazópolis, Minas Gerais, é fruto de uma parceria entre o governo brasileiro e a agência espacial russa Roscosmos (foto: Facebook/laboratorio.nacional.de.astrofisica/Reprodução)
O observatório do Pico dos Dias, em Brazópolis, Minas Gerais, acaba de inaugurar o telescópio russo que vinha sendo montado desde o ano passado. O equipamento, de alta tecnologia, é considerado o mais avançado em funcionamento no Brasil. Com 75 cm de abertura, o equipamento tem campo de visão mais abrangente e será capaz de mapear uma área maior que qualquer outro instalado em solo nacional.

O telescópio é voltado para o monitoramento de lixo espacial e para diagnosticar possíveis colisões com a Terra, com outros detritos espaciais e com satélites. A instalação é resultado de um acordo assinado em abril do ano passado entre o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e a Roscosmos, agência espacial russa, que se comprometeu com um investimento estimado em R$ 10 milhões. Em contrapartida, o Brasil ofereceria estrutura para operação do equipamento, além de arcar com os custos de energia e de internet, entre outros.

A parceria é o desdobramento de uma pesquisa que vem sendo desenvolvida pela Rússia. Um telescópio similar opera há alguns anos em território russo. Havia, no entanto, necessidade de parceiros do hemisfério sul. Outros países, como a África do Sul, também estão em negociação com a Roscosmos. No Brasil, foram encontradas condições favoráveis no observatório do Pico dos Dias.

A posição geográfica é um dos fatores que contribuíram para a escolha do local. Os telescópios no Brasil e na Rússia estão numa posição que possibilita a captura de imagens complementares. Além disso, a região tem um céu que favorece a observação. O observatório do Pico dos Dias está situado a cerca de 1,8 mil m de altitude e é gerenciado pelo Laboratório Nacional de Astrofísica, vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. No local, já existiam quatro telescópios.

(com Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários