Dia 8 de junho teremos mais uma chuva de meteoros

Fique de olho no céu, especialmente no horizonte, antes do nascer do Sol

por Encontro Digital 07/06/2017 12:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
O melhor momento para observar a chuva de meteoros Ariétidas, na quinta, dia 8 de junho, é no amanhecer, 45 minutos antes do nascer do Sol (foto: Pixabay)
Uma quantidade gigantesca de rochas espaciais cobrirá o céu na próxima quinta, dia 8 de junho, como parte da chuva de meteoritos Ariétidas. Quem não quiser perder este evento astronômico deverá acordar cedo.

As Ariétidas são uma chuva de meteoros, ou de "estrelas cadentes", de forte intensidade, que ocorre anualmente entre os dias 22 de maio e 2 de julho, atingindo o seu pico em 7 de junho. Segundo os especialistas, o melhor momento para admirar o fantástico acontecimento é antes do amanhecer, quando os corpos celestes começam a surgir no horizonte do céu matutino. Para ser mais exato, para a melhor visualização, basta ficar de olho no céu 45 minutos antes do nascer do Sol.

Vale destacar que a origem das Ariétidas permanece desconhecida, mas alguns cientistas suspeitam que ela esteja relacionada ao asteroide 1566 Ícaro. Na verdade, não há mais do que um ou dois meteoritos por hora antes do nascer do Sol. Entretanto, eles se movem muito lentamente, permitindo, assim, observá-los sem pressa.

Por que o meteorito emite sons ao passar perto da Terra?

Durante muitos anos, astrônomos tentaram explicar a razão dos barulhos que podem ser ouvidos no momento em que um meteorito passa perto da Terra. Finalmente, os investigadores descobriram que os impulsos brilhantes da luz criam sons que podem ser ouvidos a grandes distâncias devido ao aquecimento de materiais "dielétricos", como pinturas escuras, fios de cabelo, folhas, ervas e roupas escuras, criando, assim, ondas de pressão que podem ser manifestadas como sons acústicos.

(com Agência Sputnik)

Últimas notícias

Comentários