Anvisa suspende lote de leite condensado

Produto da marca Fazendeira apresentou excesso de bactérias

por Encontro Digital 15/09/2017 11:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Baduy.ind.br/Reprodução
Um lote do leite condensado da marca Fazendeira foi suspenso pela Anvisa após teste apontar excesso de bactérias estafilococos nele (foto: Baduy.ind.br/Reprodução)
Um lote do leite condensado da marca Fazendeira foi interditado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O lote irregular é o de número 0681M1, com validade até 17 de janeiro de 2018.

Segundo a Anvisa, a medida foi adotada depois que um laudo do Laboratório Central Noel Nutels, do Rio de Janeiro, reprovou o produto em um dos testes. O lote do leite condensado Fazendeira teve resultado insatisfatório na contagem da bactéria Estafilococos coagulase positiva.

O leite condensado irregular é fabicado pela empresa Baduy e Cia Ltda, da cidade de Ituiutaba, em Minas Gerais.

O teste feito no RJ serve para medir a presença de estafilococos nos alimentos. Como esclarece a Anvisa, essa bactéria é relativamente comum, mas pode provocar dor de barriga e vômitos. "Por isso, o controle da presença deste tipo de bactéria em alimentos tem um limite rígido", diz a agência em matéria publicada em seu site oficial.

A Anvisa afirma que a medida é preventiva e vale por 90 dias até que seja feita a contraprova pro parte da fabricante. "O recomendável é que o produto não seja consumido para evitar prejuízos à saúde, especialmente em pessoas mais vulneráveis como crianças, idosos ou pessoas que já estão doentes", alerta a agência.

(com portal da Anvisa)

Últimas notícias

Comentários