Cuidado com o golpe do 14º salário no WhatsApp

Criminosos já enganaram centenas de milhares de brasileiros com suposto pagamento da Caixa Econômica

por Encontro Digital 10/10/2017 15:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Cuidado com mensagens que chegam no aplicativo WhatsApp e oferecem supostos prêmios ou pagamentos inesperados (foto: Pixabay)
Após a descoberta de um golpe disseminado pelo WhatsApp, a Caixa Econômica Federal decidiu divulgar uma nota lembrando que não distribui qualquer tipo de informação por meio desse famoso aplicativo de mensagens. De acordo com a instituição, orientações de segurança estão publicadas em seu portal na internet e nas agências, e têm como objetivo alertar clientes quanto a golpes, sejam por e-mails spam, sejam por sites falsos ou telefone.

Caso você receba mensagens sugerindo o recebimento de prêmios ou pagamentos, verifique antes de clicar no link, já que existe uma grande chance de ser uma tentativa de fraude. A instituição explica ainda que, em casos de dúvidas, os clientes possuem à disposição diversos canais de atendimento ao cliente.

Falso 14º Salário

Mais de 350 mil brasileiros teriam caído no golpe feito no WhatsApp e que anuncia uma suposta liberação de 14º salário a ser pago pela Caixa. Esse pagamento não existe. O objetivo dos criminosos é infectar telefones para que eles possam aplicar, mais tarde, golpes financeiros – por meio do roubo de informações pessoais e bancárias.

Ele funciona assim: o golpe diz que quem já trabalhou com carteira assinada pode conferir se tem o direito a receber, por meio da Caixa Econômica Federal, o equivalente a um salário mínimo. Para fazer a consulta, a vítima precisa acessar um link e responder a algumas perguntas. Ao clicar no endereço, o telefone é automaticamente infectado.

Além disso, o texto diz que é necessário que ela compartilhe o link com 10 amigos ou 10 grupos de conversa via WhatsApp. Ainda como parte do golpe, o usuário acaba autorizando o envio de notificações para o celular.

Cuidado com armadilhas

Segundo a empresa de segurança eletrônica PSafe, em testes realizados com telefones infectados, algumas horas após o início do golpe, o criminoso envia uma outra armadilha, via notificação direta para o celular das vítimas.

"Para não cair em armadilhas na internet, como em golpes no WhatsApp, é importante que você desconfie de qualquer tipo de promessa exagerada que chega por mensagens, checando sempre se é algo real", sugere a PSafe.

(com Portal Brasil)

Últimas notícias

Comentários