Publicidade

Estado de Minas BEM-ESTAR

Tire algumas dúvidas sobre o implante de silicone nos seios

É possível colocar prótese mamária de qualquer tamanho? Saiba a resposta para esta e outras dúvidas


postado em 03/10/2017 08:58

Dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética mostram que o Brasil continua em segundo lugar no ranking mundial de implantes de próteses mamárias, atrás apenas dos Estados Unidos. Apesar disso, muitas brasileiras ainda têm dúvidas em relação à cirurgia que aumenta o tamanho de seus seios.

O procedimento, normalmente, dura entre 40 e 60 minutos e pode ser feita por meio de anestesia local, com sedação, ou por anestesia geral. "Pode-se permanecer no hospital até a manhã seguinte ou receber alta após algumas horas", comenta o cirurgião plástico Victor Lima, membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Para sanar algumas dúvidas das mulheres, o especialista cita mitos e verdades relacionados à plástica:

Prótese de silicone deve ser trocada a cada 10 anos
Mentira. Segundo o médico, não existe um prazo. "Estamos já na quinta geração tecnológica das próteses de silicone. Isso significa uma maior compatibilidade com o organismo e mais segurança para a mulher. A prótese só deve ser trocada quando exibe alguma alteração como contratura da cápsula que a circunda, o que acontece muito pouco nos primeiros 10 anos, sendo menos de 2% dos casos", diz Victor Lima. Já a ruptura do implante é algo ainda mais raro na opinião do cirurgião. "Também pode ocasionar troca, mas não é nenhuma emergência e não gera nenhum prejuízo à saúde da portadora, pois os silicone de hoje em dia não migram para além da prótese", completa.

O implante mamário atrapalha o diagnóstico de câncer
Mentira. "A mulher portadora de implantes de silicone continua precisando se cuidar e prevenir o câncer mamário, fazendo auto-exame das mamas acompanhado de mamografia anual", esclarece o especialista. Ele lembra que existe uma mamografia especial para quem usa prótese mamária. "Visa mostrar melhor ao radiologista o tecido mamário para diagnóstico de nódulos que podem vir a ser um câncer. E no caso de dúvida após uma mamografia, pode-se fazer uma ressonância que confirma ou descarta de vez o problema".

Próteses de silicone impedem a amamentação
Mentira. O médico explica que muitos estudos confirmam que a cirurgia de prótese de mama não afeta a amamentação. "A cirurgia é realizada por trás da glândula mamária, portanto, o espaço ocupado pela prótese não viola as glândulas e ductos que produzem e armazenam o leite materno", esclarece Victor Lima.

Existe uma idade certa para operar
Verdade. Como mostra o cirurgião, os especialistas da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética concordam que mulheres podem considerar cirurgias nas mamas a partir dos 18 anos. "É a idade aproximada na qual a formação do tecido mamário chega a sua maturidade final, portanto estando pronto para sofrer intervenções cirúrgicas", afirma o médico.

É possível colocar qualquer tamanho de prótese
Mentira. "É muito comum chegar ao consultório médico com uma ideia pré-estabelecida de qual tamanho de prótese é ideal para seu caso. Entretanto, é importante deixar o cirurgião fazer uma análise e exame completos. Apenas com estes dados e medidas precisas do seu tórax, associado ao seu desejo de tamanho é que se pode ter uma ideia de qual é o tamanho de prótese ideal", explica Victor.

O silicone pode ajudar a levantar os seios
Verdade. "As próteses de mama têm a capacidade de levantar seios caídos. Entretanto, quando a queda é considerável, somente a inclusão de implantes pode não ser o suficiente para reposicionar as mamas de forma adequada. Nestes casos, é necessário associar a colocação das próteses a uma técnica de suspensão mamária que retira excesso de pele e glândula".

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade