A nova dieta da 'moda' nos Estados Unidos é a zone diet

Criada pelo biomédico Barry Sears, a dieta busca acabar com a inflamação das células

por Correio Braziliense 20/11/2017 11:10

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
A zone diet, dieta criada pelo biomédico americano Barry Sears não é tão restritiva, mas contempla ingredientes que ajudam a acabar com a inflamação celular, causadora da obesidade (foto: Pixabay)
Dunkan, low carb, são inúmeras as dietas que viram "moda" no mundo, especialmente entre as celebridades. Agora, o que vem chamando a atenção é a zone diet, dieta criada pelo biomédico americano Barry Sears, que objetiva o emagrecimento de maneira mais saudável. Já passaram pelo consultório do especialista famosos como Jennifer Aniston, Madonna, Cindy Crawford, Sandra Bullock e até o saudoso papa João Paulo II. Em novembro, Barry veio ao Brasil para falar sobre sua dieta para os nutricionistas brasileiros.

O biomédico explica que a zone diet promove o balanceamento das células corporais que estão inflamadas, por meio de uma alimentação saudável com muitas verduras, frutas e proteínas de baixas calorias, o que faz com que o corpo emagreça de forma saudável. Ele lembra que o ato de engordar ocorre devido à inflamação das células, ocasionando, ainda, uma alteração nos hormônios e uma provável mudança nos genes. "Se você tratar comida como Medicina, na hora certa e com a medida certa, você consegue alterar tudo na vida de uma pessoa", diz Barry Sears em entrevista para o jornal Correio Braziliense.

Apesar de seguir a linha mais natural, a zone diet não possui muitas restrições, exceto quando se trata da ingestão excessiva de calorias e na sensação de fome. "O principal é evitar os carboidratos brancos, como pão, pizza, hambúrguer, macarrão", pondera o biomédico.

"O café da manhã da Jennifer Aniston é um omelete de seis claras, com guacamole por cima, e uma tigela de aveia cozida lentamente com amoras e mirtilos por cima. No almoço, ela come um peito de frango do tamanho da minha mão, e muitas verduras. E, no jantar, um peixe e bastante verdura. Caso ela fique com fome à noite, uma fruta. Talvez no final, ela escolha tomar um vinho e comer um pedaço de queijo", comenta Barry sobre a dieta da primeira atriz hollywoodiana a se consultar com ele.

A dieta criada pelo americano promete acabar com a inflamação das células por meio do equilíbrio da quantidade de proteínas e carboidratos, acarretando também na estabilização do nível de açúcar no sangue. Com isso, a pessoa perde calorias, mas não passa fome. "Se você diminui as calorias, altera os hormônios e, consequentemente, os genes maléficos, o que garante que você possa viver mais tempo". afirma Barry Sears.

Últimas notícias

Comentários