Publicidade

Estado de Minas VEíCULOS

Afinal, é preciso trocar o airbag após uma colisão?

Entenda os cuidados que se deve ter com esse item de segurança dos carros


postado em 22/11/2017 08:33 / atualizado em 22/11/2017 09:11

Apesar de muito proprietário de veículo deixar passar batido, os airbags são itens de segurança que precisam de manutenção e têm até prazo de validade(foto: Issei Kato/Honda/Divulgação)
Apesar de muito proprietário de veículo deixar passar batido, os airbags são itens de segurança que precisam de manutenção e têm até prazo de validade (foto: Issei Kato/Honda/Divulgação)
O airbag é um componente tão imprescindível nos veículos que passou a ser considerado item obrigatório em todas os carros fabricados no Brasil a partir de 1º de janeiro de 2014, por meio da Resolução 311 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Nesse mesmo ano, as montadoras que atuam no país também foram obrigadas a instalar o sistema de freios ABS – que evita o travamento das rodas em caso de frenagem brusca – em todos os modelos produzidos a partir dessa data.

Justamente por ser um dispositivo extremamente importante, é necessário que o airbag esteja sempre em condições ideais de uso, para que seja acionado de  maneira correta em caso de colisão. Sendo assim, os proprietários de veículos devem estar atentos a alguns sinais que podem indicar um possível problema no  sistema de proteção dos ocupantes.

De acordo com Leandro Mendes, chefe da oficina da concessionária Saitama, da Honda, de Belo Horizonte, um dos indicativos mais claros de problema em  algum dos airbags é a luz correspondente a este item e que fica localizada no painel do carro. "Esta luz acende sempre que o veículo é ligado, e deve apagar após  alguns segundos. Se isto não ocorrer, ou se a luz acender com o veículo em movimento, há um problema nos airbags", explica o especialista.

Substituição

O chefe da oficina da Saitama lembra que é essencial que os airbags sejam trocados caso tenham sido acionados após um acidente ou colisão. "Se o airbag for  inflado, é necessário substituir todo o sistema, composto pela almofada de ar, pelos sensores de impacto e pela unidade de controle. Por segurança, não é  recomendada a reutilização de nenhum destes itens", alerta Leandro Mendes.

Validade

A maioria dos veículos populares possuem apenas os airbags frontais, posicionados no painel. Porém, modelos mais avançados podem trazer outras áreas  protegidas, como o Honda Civic EXL, que é composto por seis airbags (frontais, laterais e de cortina). Mas, nem todos sabem que esse item essencial de  segurança tem validade média de 10 anos.

Vale dizer que a longevidade do airbag varia de acordo com cada fabricante e está especificada no manual do proprietário. Alcançado esse período, é necessário fazer a checagem do sistema em uma concessionaria autorizada da marca.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade