Nódulo na tireoide pode surgir de forma repentina

Problema tem várias causas, inclusive ligadas ao câncer

por Da redação com assessorias 17/01/2018 11:50

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marinnaturalmedicine.com/Reprodução
(foto: Marinnaturalmedicine.com/Reprodução)
Nem todos sabem, mas os nódulos que aparecem na glândula tireoide podem ser mais comuns do que se imagina. Eles têm várias causas, como alterações normais da própria glândula, ou até mesmo como resultado de um tumor, benigno ou maligno. "Não se sabe ao certo o que ocasiona esse tipo de nódulo, mas se conhecem alguns fatores de risco, como exposição à radiação, idade e sexo. Mulheres são mais propensas a desenvolver os nódulos, porém, os homens sofrem com mais casos de câncer", comenta a endocrinologista Amália Lucy Querino, professora da Faculdade de Ciências Médicas Ipemed.

A médica acrescenta que a maioria dos casos não apresenta sintomas tão claros, mas podem ocorrer dor no pescoço e problemas para engolir e respirar, principalmente quando já estão maiores, com cerca de quatro centímetros. "Ajuda médica deve ser buscada, caso o paciente sinta alguma espécie de caroço no pescoço, pois esses casos precisam ser analisados e, talvez, seja necessária a realização de uma biópsia com uma agulha fina, procedimento sem grande complexidade, que se faz guiado por ultrassonografia da tireoide", comenta a endocrinologista.

Por se tratar de um órgão superficial, localziado no pescoço, naregião da garganta, é possível visualizar e tocar o nódulo por meio de exame físico. Ainda assim, é necessário que um médico peça exames que comprovem o diagnóstico e facilitem o tratamento.

Amália Querino explica que o tratamento do nódulo na tireoide depende de sua condição, especialmente se for ligado a um câncer. "Recomenda-se a cirurgia para retirar o nódulo quando a biópsia mostra evidência de câncer, ou nos casos em que os sintomas de falta de ar, engasgos, rouquidão e dificuldade para engolir se tornam intensos. No caso de não ser cancerígeno, muitas vezes, não é necessário nem tratamento, apenas um acompanhamento anual com ultrassonografia do pescoço", esclarece a especialista.

Não formas de prevenir o aparecimento de nódulos na tireoide, a não ser evitando a exposição desnecessária à radiação, como em exames de raio-X do tórax ou da arcada dentária. Por isso é importante o uso de um protetor (fornecido nos locais de exame).

Últimas notícias

Comentários