Alimentação pode ajudar o sistema circulatório

A má circulação do sangue pode causar muitos danos, incluindo trombose e AVC

por Da redação com assessorias 20/06/2018 12:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Ter uma boa circulação sanguínea é essencial para o transporte de oxigênio dos pulmões até os órgãos vitais, além de garantir a devida distribuição de nutrientes essenciais para todo o corpo. Além de afetar a saúde, problemas de circulação podem causar até as as temidas varizes.

De acordo com a angiologista e cirurgiã vascular Marina Fonseca, o acúmulo de gorduras saturadas e trans nas veias e artérias pode causar a formação de placas, o que dificulta ou impede a movimentação adequada do sangue. "Desse modo, algumas regiões do corpo podem ficar sem irrigação e não receber oxigênio. Essas obstruções podem acontecer em qualquer parte do organismo, como, por exemplo, na artéria do coração. Ela para de funcionar e provoca o infarto do miocárdio. Caso o problema afete a circulação do cérebro, uma das consequências pode ser o AVC [Acidente Vascular Cerebral]", comenta a especialista.

Portanto, a dica é prevenir possíveis problemas, e a melhor forma é por meio da alimentação saudável. "Alguns alimentos têm a capacidade de ajudar e muito no funcionamento do nosso corpo, facilitando a circulação do sangue, por exemplo. Então, é fundamental, para evitar doenças e ter veias e artérias saudáveis, incluí-los na dieta", afirma a médica.

Marina Fonseca cita alguns tipos itens que não podem faltar na dieta e que ajudam o sistema circulatório:

  • Aposte nas frutas como acerola, laranja, goiaba, amora e morango, pois contêm vitamina C e flavonoides que fortalecem as paredes dos vasos

  • O ômega-3 contido no salmão e no azeite de linhaça ajuda a evitar a formação de coágulos (trombose) e de depósitos de gordura (aterosclerose) no sangue, aumentando sua fluidez, contribuindo também para reduzir a pressão arterial

  • Evite o glúten, pois, em excesso, pode prejudicar a circulação, especialmente no cérebro. Essa proteína está presente nos alimentos à base de trigo, aveia, cevada, malte e centeio. Prefira farinhas de arroz, quinoa ou banana-verde e fécula de batata no preparo de pães e bolachas

  • Beba suco de uva integral. Flavonoides, ácidos fenólicos e resveratrol das sementes e das cascas da fruta possuem atividades antioxidantes. O resultado é a inibição da agregação das plaquetas e a formação de trombose

  • Beba muita água e evite os os alimentos industrializados, especialmente os instantâneos, como sopas, temperos e macarrões. Eles são fontes de gorduras, carboidratos refinados e têm muito sódio na composição

Últimas notícias

Comentários