Baixo nível de vitamina D pode causar danos nos pulmões

Estudo descobre associação entre a falta do nutriente e a fibrose pulmonar

por Marcelo Fraga 27/06/2018 09:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Especialistas concordam que a vitamina D (ergocalciferol e colecalciferol) é essencial para o nosso organismo, sobretudo para manter os ossos saudáveis. De acordo com o Ministério da Saúde, 80% da necessidade diária desse nutriente podem ser obtidos pelo nosso corpo a partir da exposição ao Sol e, claro, por meio dos alimentos que ingerimos, entre eles, os peixes.

Por outro lado, baixos níveis de vitamina D podem causar danos graves à saúde humana. Prova disso é o resultado de um estudo recente que alerta para o risco de problemas pulmonares causados pela deficiência da substância no corpo. De acordo com o site da emissora indiana NDTV, a pesquisa, que foi publicada na revista científica Nutrition, afirma que a falta desse nutriente pode levar ao surgimento de um mal chamado doença pulmonar intersticial, também conhecida como fibrose pulmonar.

A condição provoca feridas e inflamação no principal órgão do sistema respiratório e, quando o diagnóstico não é feito no estágio inicial, pode levar à morte. A causa mais comum da doença é a aspiração de substâncias tóxicas como amianto e pó de carvão, segundo a NDTV.

Para realizar o estudo, os cientistas analisaram, durante 10 anos, informações médicas de 6.302 pessoas, com idade média de 62 anos. Por meio de exames de sangue, foram checados os níveis de vitamina D de cada participante. Com isso, eles foram classificados em: deficientes, quando tinham menos de 20 nanogramas do nutriente por ml de sangue; intermediários, entre 20 e 30 nanogramas/ml; e ótimos, quando os com níveis estavam acima de 30 nanogramas/ml.

Ao final da pesquisa, todos os voluntários passaram por tomografias que visavam encontrar anomalias nos tecidos dos pulmões e os resultados revelaram que os deficientes em vitamina D tinham mais indícios de um possível surgimento da doença pulmonar intersticial em detrimento daqueles com níveis ótimos da substância, informa a NDTV.

Para aumentar a assertividade do estudo, os pesquisadores levaram em conta fatores que também poderiam levar a inflamações pulmonares, como hábito de fumar, sedentarismo e obesidade. Mesmo assim, persistiu a associação entre a deficiência de vitamina D e a fibrose pulmonar.

No artigo publicado na Nutrion, os cientistas deixam claro que o estudo não pode ser considerado conclusivo, mas apenas de "natureza observacional". Portanto, são necessárias outras pesquisas para garantir que níveis baixos de vitamina D estejam diretamente ligados ao surgimento de doença pulmonar intersticial.

Abaixo, confira a lista de cinco alimentos ricos em vitamina D, divulgada pelo site da NDTV:

  • Queijo: alimento derivado do leite é uma das fontes mais ricas de vitamina D, sendo a ricota o tipo que possui maior quantidade do nutriente

  • Cogumelo: eles possuem níveis altos de vitamina D, porém devem ser devidamente limpos antes do preparo

  • Peixe: a cavala (ou cavalinha), o atum e o salmão estão entre as espécies com mais vitamina D

  • Ovo: neste caso a concentração de vitamina D está na gema

  • Leite: tanto o de vaca como o de soja possuem bons níveis de vitamina D

Últimas notícias

Comentários