Parque Ecológico é uma ótima opção de lazer no bairro Cidade Nova

Área verde tem mais de 14 mil m² e várias opções de lazer

por Encontro Digital 11/07/2018 08:50

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Flickr/PBH/Mara Damasceno/Reprodução
Com mais de 14 mil m² de área, o Parque Ecológico do Cidade Nova, na região nordeste de Belo Horizonte, é um ótimo local para prática de esportes, lazer e contemplação (foto: Flickr/PBH/Mara Damasceno/Reprodução)
Que passa pela movimentada avenida José Cândido da Silveira, no bairro Cidade Nova, região nordeste de Belo Horizonte, logo se depara com uma grande área verde. Trata-se do Parque Ecológico e Cultural Professor Marcos Mazzoni, que reúne muitas atrações e oferece um ambiente familiar e contemplativo. Implantado em 1990, a partir de uma mobilização da comunidade local, o espaço sempre foi um desejo dos moradores, que, com o passar dos anos, se apropriaram cada vez mais dessa importante área verde da capital mineira.

Carinhosamente chamado pela população de Parque da Cidade Nova, a área de aproximadamente 14,1 mil m² tem predominância de vegetação exótica, ornamental e árvores frutíferas, além de espécies do Cerrado, como ipê, sucupira e pimenta-de-macaco. Grande parte da vegetação, que abriga principalmente aves como bem-te-vi e rolinha, é resultado de regeneração natural.

Não somente a flora e a fauna encantam os visitantes: o lugar tranquilo, aconchegante e familiar também propicia lazer e boas áreas de convivência. "O parque Professor Marcos Mazzoni é muito bem frequentado pela população do bairro e de várias outras regiões da cidade. Trata-se de uma área verde bem preservada e acolhedora, que recebe, inclusive, uma média de 16 eventos por mês", comenta Robson Ricardo Machado, gerente de parques da Regional Nordeste da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH).
Flickr/PBH/Mara Damasceno/Reprodução
Uma atração do parque é a escultura do tamanduá, que foi criada pelo artista plástico Marcos Mazzoni, que dá nome à área de preservação (foto: Flickr/PBH/Mara Damasceno/Reprodução)

A átrea de preservação conta com brinquedos – balanços, escorregadores e gangorras –, jogos de tabuleiro, cantinho de pedrinhas, teatro de arena, aparelhos de ginástica e espaços para a prática de esportes.

Curiosidade

O nome do parque é uma homenagem ao artista plástico e professor Marcos Mazzoni que por muitos anos morou no bairro Cidade Nova e teve importante papel na criação dessa área verde. Ele foi o idealizador das topiarias dos jardins e uma das suas obras de arte, a escultura de tamanduá, também se encontra exposta no local.

Funcionamento

O Parque Ecológico e Cultural Professor Marcos Mazzoni funciona diariamente, das 8h às 18h. Ele está situado na rua Deputado Bernardino de Sena Figueiredo 1.002, Cidade Nova.

(com portal da PBH)

Últimas notícias

Comentários