Publicidade

Estado de Minas FOTOGRAFIA

Museu Inimá de Paula recebe a exposição Serro Sem Retoque

A mostra traz mais de 70 fotos das paisagens e casarões da quinta cidade mais antiga de Minas registradas pelo fotógrafo Félix Tolentino


postado em 04/09/2019 23:07 / atualizado em 04/09/2019 23:40

"O Serro é a nossa pátria, um lugar que a gente quer rever sempre. É uma cidade com mais de 300 anos que mantém as mesmas características", conta o fotógrafo (foto: Felix Tolentino/Divulgação)
Os contornos históricos do Serro ganham um olhar especial na exposição Serro Sem Retoque, que estreia na sexta-feira (6) no Museu Inimá de Paula, na rua da Bahia, em Belo Horizonte. "O nome reflete o que eu quero mostrar: a cidade exatamente como ela é, a realidade", diz o fotógrafo Félix Tolentino, autor das mais de 70 imagens da mostra e que nasceu no município homenageado na exposição. Por isso, ele por trás de cada ângulo registrado, existe uma história de superação e de pertencimento à terra.

Félix Nagib Tolentino nasceu no Serro em 1944. Desde cedo, o mineiro já apresentava paixão pelo mundo da fotografia. "Quando eu tinha uns 10 anos, o dono do cinema da cidade me dava os pedacinhos de filme que caíam durante a projeção. Então eu ia para casa, fazia um furo em uma caixa de papelão e começava a projetar esses pedaços na parede", conta o fotógrafo.

Aos 12 anos, o autor da exposição Serro Sem Retoque se mudou para Belo Horizonte por causa dos estudos. Félix trabalhou como gerente em uma fábrica de cerveja durante 39 anos, mas sem deixar de lado a sua máquina fotográfica. "Evento da empresa, casamento em família. Era sempre eu o fotógrafo", lembra. Depois de aposentado, o serrano redescobriu o hobby como uma forma de preservar a sua saúde no tratamento contra o Mal de Parkinson: "Acho que o melhor remédio é fazer aquilo que gosto", diz.


Apoiada pela Associação de Amigos do Serro (Aaser), não faltou material na hora de montar a exposição. A câmera de Félix capturou 800 ângulos diferentes do simpático município, mas o fotógrafo teve de escolher "apenas" 70 para exibir na mostra, onde os visitantes poderão conhecer os casarões, as fazendas, a produção do queijo do Serro, as paisagens e as festas populares da quinta cidade mais antiga de Minas b. "Se você nasceu no Serro, venha curtir essa saudade conosco. Se você não conhece, venha se juntar a nós e conhecer as belezas dessa cidade com mais de 300 anos de história", convida Félix Tolentino.

Clique aqui e confira uma galeria com algumas das fotos da exposição Serro Sem Retoque, no Museu Inimá de Paula

Exposição Serro Sem Retoque
Onde: Museu Inimá de Paula
Endereço: rua da Bahia nº 1.201, Centro, Belo Horizonte
Data: 6 de agosto a 8 de dezembro
Horário de visitação: terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 18:30h; quintas, das 12h às 20:30h; domingos, das 10h às 16h
Entrada gratuita
Informações: (31) 3213-4320 

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade