Saiba como manter as crianças focadas em aprender durante o recesso escolar

Pais e especialistas dão dicas para que o retorno às aulas não seja motivo de sofrimento

por Daniela Costa 02/01/2018 13:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Violeta Andrada/Encontro
Durante as férias, a empresária Cristiane Nilo Abranches de Miranda mantém algumas regras em casa: "Ana Clara e Thomaz fazem 15 minutos de exercícios por dia, além de ler um livro. Assim continuam ativos" (foto: Violeta Andrada/Encontro)
Nas férias escolares tem brincadeiras? Tem, sim, senhor. Mas também não podem faltar algumas medidas para facilitar o retorno às aulas. A dica é que a adaptação seja feita de forma gradativa. "A rotina é fundamental para o sucesso escolar. Ela pode ser quebrada nas primeiras semanas das férias, mas precisa ser retomada pelo menos uma semana antes da volta às aulas", diz Tânia Márcia Fernandes de Araújo, diretora da Unidade Santo Agostinho do Colégio Bernoulli. Para os alunos que estudam no período da manhã, é sempre um drama voltar a acordar tão cedo. Mas, quando se preparam, não têm dificuldades de adaptação aos horários nem comprometimento do rendimento escolar. Para João Vitor Pereira Fonseca, de 12 anos, que no ano que vem vai encarar o 7º ano do ensino fundamental, não tem tempo ruim. "Aproveito as férias para organizar meu uniforme, livros, cadernos e estojo", diz.

Para não deixar os filhos totalmente à toa durante a folga, a empresária Cristiane Nilo Abranches de Miranda mantém algumas regras em casa. A filha Ana Clara, de 8 anos, já chegou a ler sete livros durante o período de férias e o filho Thomaz, de 6 anos, segue com as aulas de Kumon. "Ambos têm de fazer 15 minutos de exercícios por dia, além de ler um livro. Assim continuam ativos", diz.

Pedro Nicoli/Divulgação
Para João Vitor Pereira Fonseca, que no ano que vem vai encarar o 7º ano do ensino fundamental, não tem tempo ruim: "Aproveito as férias para organizar meu uniforme, livros, cadernos e estojo" (foto: Pedro Nicoli/Divulgação)
O Colégio Salesiano orienta que nas férias os estudantes devem fazer o que mais gostam: se divertir. Mas também precisam se preparar para o ano que se inicia. "É um bom momento para traçar metas e objetivos", diz a diretora pedagógica, Heloísa Fonseca Pinto. Com o objetivo de motivar ainda mais os alunos, a primeira semana de aula do Salesiano é marcada por uma programação diferenciada, composta por contação de histórias, jogos, dinâmicas de interação, entre outras atividades. Método que ajuda a diminuir a ansiedade, especialmente daqueles que vão enfrentar as chamadas séries iniciais, que marcam uma mudança ainda maior em termos de aprendizado e relacionamento. "Por isso, é importante que o aluno se sinta acolhido pela instituição e perceba que os pais confiam naquele lugar", diz a psicóloga Milene D’Arc Lima e Costa. No Colégio Santo Agostinho, todos os pais de alunos novatos são recebidos um dia antes de começarem as aulas. "Isso garante que a criança vá à escola, no primeiro dia, com um pouco menos de angústia em relação ao desconhecido e se sinta mais segura", diz a diretora Lorena Macedo.

A psicóloga orienta que é preciso estimular as crianças durante as férias, mas que isso não pode se tornar uma obrigação. "O ideal é que se busquem formas lúdicas e interessantes para atrair a atenção da garotada", diz. "Isso pode ser feito com jogos de matemática, gramática, Imagem & Ação, entre outros." Ela lembra que, para muitos, o retorno às aulas significa também a volta das atividades extras, como balé, futebol e judô. O que pode acabar sobrecarregando demais. "A melhor forma de tornar tudo mais simples e menos cansativo é pais e filhos ouvirem o que cada um tem a dizer e fazerem combinados. Assim, a liberdade que é permitida nas férias não comprometerá o retorno às aulas", afirma Milene. A gerente comercial Alicia Rossi tenta manter uma relação equilibrada com os filhos Miguel, de 6 anos, e Daniel, de 4. "Durante as férias, busco materiais de leitura do universo de coisas que eles gostam, como jogos e histórias em quadrinhos", diz. "Assim eles aprendem se divertindo."

Como se preparar durante as férias

  • Não transforme o aprendizado do seu filho em uma obrigação

  • Organize o material escolar e o uniforme com antecedência

  • Estimule o ensino com atividades lúdicas e criativas

  • Deixe a criança participar das escolhas

  • Introduza a rotina escolar de horários e alimentação uma semana antes da volta às aulas

  • Aguce a curiosidade da criança sobre as novidades do próximo ano letivo

  • Não se esqueça de que criança é criança e precisa se divertir

Últimas notícias

Comentários