Buritis está prestes a ganhar condomínio sustentável de luxo

O residencial de alto padrão da construtora MRV se destaca por ser 100% verde. Localizado aos pés da Serra do Curral e ao lado do Parque Municipal Aggêo Pio Sobrinho, empreendimento deve ser lançado nos próximos meses

28/03/2018 14:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alexandre Rezende/Encontro
Vista da área de lazer: academia completa, salão de festas, espaço gourmet, parquinho para as crianças e piscina aquecida (foto: Alexandre Rezende/Encontro)
Acordar ao som dos pássaros ou tomar um café vislumbrando a natureza. A cena pode ser rotina para quem mora nos arredores de Belo Horizonte em algum dos vários condomínios cercados por mata nativa. Nos próximos meses, um novo empreendimento promete o mesmo raiar do sol para os seus moradores, mas com um diferencial: em plena capital mineira. A construtora MRV, em parceria com a construtora M.Fonseca, irá lançar o condomínio Residencial Ville Verdi, no Buritis. São 33 casas de alto padrão com dois ou três pavimentos, incrustradas em um terreno de 17 mil metros quadrados, que têm ilustres vizinhos como a Serra do Curral e o Parque Municipal Aggêo Pio Sobrinho, a segunda maior área verde da cidade, com 600 mil m².

Além de oferecer aos moradores a sensação de estar longe do centro urbano, o empreendimento tem como carro-chefe a sustentabilidade. O complexo imobiliário é dotado de sistemas de aquecimento solar e de aproveitamento de água da chuva, além de placas fotovoltaicas e iluminação de LED. Cada unidade possui um reservatório com capacidade para 600 litros de água pluvial. A estimativa é de que a economia gerada de energia seja, no mínimo, de 50% para cada imóvel.

Alexandre Rezende/Encontro
Presidente da construtora MRV, Rafael Menin: "É um condomínio fechado, com vista espetacular. Será voltado para famílias que buscam qualidade de vida" (foto: Alexandre Rezende/Encontro)
"Trata-se de uma evolução em relação ao que a MRV começou a oferecer no bairro, há 25 anos", diz Rafael Menin, presidente da construtora. A empresa é a principal a atuar no ramo imobiliário na história recente do Buritis. Na época, o foco da construtora era o "primeiro imóvel" do cliente. "Agora, esse empreendimento é o crème de la crème do bairro", diz o executivo.

A portaria do Ville Verdi fica no final da rua Alessandra Salum Cadar, o que já garante certa privacidade aos futuros moradores. "É um condomínio fechado, com vista espetacular. Será voltado para famílias que buscam qualidade de vida", afirma Rafael. Márcio Fonseca, diretor da M. Fonseca, diz que o terreno foi um verdadeiro "achado". "O condomínio vai oferecer características que só podem ser encontradas em lugares mais afastados da capital", diz.

Alexandre Rezende/Encontro
Diretor Márcio Fonseca, da Construtora M.Fonseca: "O condomínio vai oferecer características que só podem ser encontradas em lugares mais afastados da capital" (foto: Alexandre Rezende/Encontro)
O tamanho dos imóveis, todos com jardins frontais, varia de 240 a 390 metros quadrados. Em todos, são oferecidas três vagas de garagem cobertas e varanda. O interior das residências possuem esquadrias de alumínio, escada com corrimão em aço inox e janelas automatizadas. Os vidros possuem tecnologia light blue 52, que filtra raios ultravioletas e, portanto, protege o imóvel de parte do calor externo. Tomadas com entrada USB foram instaladas nos quartos, projetados para receber aparelhos de ar condicionado. A cor da fachada dos imóveis foi escolhida para que o residencial se integre à paisagem natural.

A área de convivência do condomínio oferece ainda academia completa, salão de festas, espaço gourmet, parquinho para as crianças e piscina aquecida. Os valores das unidades ainda não foram divulgados e as vendas só vão começar depois que as obras forem concluídas. "Queremos que as pessoas conheçam o empreendimento pronto, para que elas se encantem", afirma Márcio Fonseca.

Últimas notícias

Comentários