Publicidade

Estado de Minas ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS

Dermatologista dá dicas para se depilar em casa

Com os estabelecimentos do ramo de beleza e estética fechados por causa da pandemia, é importante saber como fazer corretamente esse tipo de procedimento


postado em 20/04/2020 15:51 / atualizado em 20/04/2020 16:01

De acordo com a dermatologista Hellisse Bastos, os cremes depilatórios nunca devem ser utilizados semanalmente, pois podem causar irritações na pele(foto: Pixabay)
De acordo com a dermatologista Hellisse Bastos, os cremes depilatórios nunca devem ser utilizados semanalmente, pois podem causar irritações na pele (foto: Pixabay)
Com o fechamento de todo o comércio não essencial devido às regras de isolamento para conter o novo coronavírus, quem se depila frequentemente ficou sem a possibilidade de recorrer a salões e clínicas para realizar as sessões de retirada dos pêlos. Sendo assim, o jeito é fazer depilação em casa seja com lâminas, ceras ou cremes voltados para esse uso.

A dermatologista Hellisse Bastos(foto: Divulgação)
A dermatologista Hellisse Bastos (foto: Divulgação)
Entretanto, é preciso tomar cuidado ao fazer o procedimento de forma caseira, pois há possibilidade de danos à pele e à saúde como um todo. "Depilação em casa pode dar hipercrominia pós inflamatória, que são desordens na pigmentação causadas pela produção excessiva de melanina, o que provoca manchas e foliculite. Existe, ainda, o risco de queimaduras com cera quente, além de outras lesões", alerta a dermatologista Hellisse Bastos, integrante da Sociedade Brasileira de Dermatologia, e que possui consultório no bairro Barro Preto, em BH.

Ela analisa que todos os métodos de depilação possuem prós e contras, mas analisa que aquele considerado mais eficaz e seguro é com o uso de laser, cuja periodicidade é uma vez por mês durante oito a dez meses, com manutenção semestral após o término do tratamento.

Com relação às práticas caseiras, Hellisse Bastos diz que a mais segura é com cera fria. Porém, a médica lembra que, antes de fazer a depilação, é importante aplicar um creme para pele com propriedades calmantes e anti-inflamatórias. "A cera fria pode ser encontrada pronta nas farmácias. Recomendo dar preferência para os produtos que contenham aditivos como a camomila, a erva-doce e o capim-cidreira, que são calmantes naturais", explica a dermatologista.

Outra possibilidade, ainda de acordo com Hellisse Bastos, é o uso de cremes depilatórios. Entretanto, esses devem ser utilizados criteriosamente. "A depilação com creme pode ser uma grande aliada para situações emergenciais, mas devem ser tomadas precauções, pois esses produtos não podem ser usados com frequência. Usar o creme depilatório semanalmente pode trazer irritação e problemas diversos de pele", alerta a especialista. Ela recomenda que, ao usar eesse tipo de produto, é imprescindível ler atentamente as instruções no rótulo e, antes de fazer a depilação, aplicar pouca quantidade numa área pequena da pele para observar se vai ocorrer algum tipo de reação.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade