Publicidade

Estado de Minas COMPORTAMENTO

Estudo diz que nenhuma mulher é héterosexual

Segundo a pesquisa inglesa, não é possível definir o desejo sexual das mulheres apenas pelo modo como se mostram para a sociedade


postado em 11/11/2015 11:31 / atualizado em 16/06/2016 08:11

Em artigo publicado no periódico científico Journal of Personality and Social Psychology, o pesquisador Gerulf Rieger, líder de uma pesquisa realizada pelo departamento de Psicologia da Universidade de Essex, na Inglaterra, mostra que a maioria das mulheres pode ser considerada bissexual ou gay, mas "nunca" heterosexual.

O estudo foi realizado com 345 voluntárias, que tiveram suas reações avaliadas após assistirem vídeos de homens e mulheres pelados. Segundo o trabalho, que é baseado na dilatação da pupila como resposta ao estímulo sexual, 82% das mulheres analisadas ficaram excitadas com as imagens de indivíduos atraentes dos dois sexos.

"Mesmo que grande parte das mulheres tenham se identificado como heterosexuais, nossa pesquisa demonstrou claramente que quando se trata de deixá-las excitadas, elas são bissexuais ou gays, mas nunca hetero", diz o pesquisador Gerulf Rieger.

O psicólogo conta, ainda, que as lésbicas que se vestem como homens, de certa forma, não possuem comportamentos masculinos. "Apesar de muitas lésbicas serem masculinas em relação ao desejo sexual, e outras serem masculinizadas em termos comportamentais, não existe indicativo de que sejam o mesmo tipo de mulher. O que percebemos é que a forma como uma mulher se mostra em público não está ligada à sua preferência sexual", completa Rieger.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade