Sensação de estar 'fora do corpo' pode ser culpa do ouvido interno

Estudo mostra que distúrbios no sistema vestibular seriam responsáveis pela sensação de 'flutuar' e 'transcender'

por Vinícius Andrade 16/08/2017 08:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Você já teve a sensação de "estar fora do próprio corpo"? Quem viveu esta experiência relata impressões como flutuação, queda-livre e incapacidade temporária de mover o corpo. Um estudo realizado por cientistas da Universidade de Aix-Marseille, na França, relacionou esse "fenômeno" a uma falha no sistema vestibular, conjunto de órgãos do ouvido interno responsável pelo equilíbrio e pela noção de movimento.

A pesquisa analisou mais de 210 pacientes, sendo que metade sofria com distúrbios vestibulares. Destes, 14% declararam ter vivido a sensação de sair do próprio corpo. Em relação ao grupo que não sofria de problemas no ouvido, apenas 5% declarou ter experimentado a curiosa "levitação".

Um dos participantes analisados contou que, certa vez, enquanto dirigia, teve a sensação de estar fora de seu carro, olhando para seu próprio corpo, que ainda estava ao volante. Neste caso, de acordo com o principal autor do estudo, o pesquisador Christophe Lopez, o sistema vestibular seria responsável por orientar o motorista e dar a sensação de estar seguindo em frente à medida em que o veículo era constantemente acelerado. Porém, problemas na região do ouvido interno, como no caso do voluntário analisado no estudo, acabou gerando sinais errados para o cérebro, o que teria provocado a confusão na mente do motorista.

"Se você está enviando sinais errados para seu cérebro em relação ao próprio movimento, isto cria uma confusão mental. Seu cérebro precisa criar senso em meio ao conflito de informações. Nós acreditamos que o problema nos sinais cria uma espécie de incoerência central, que cria distorções no entendimento do seu corpo e do ambiente à sua volta", explica Lopez em entrevista ao portal de notícias científicas LiveScience.

Ainda conforme a pesquisa, a maioria das pessoas relatou ter vivido uma experiência "transcendental" após ter sofrido vertigem pela primeira vez na vida. As razões para esta relação não foram explicadas pelos pesquisadores. Eles apenas fizeram uma conexão entre as sensações fora do corpo e os transtornos no sistema vestibular.

Para Terence Hines, professor de Psicologia na Universidade Pace, de Nova Iorque, a pesquisa faz sentido por conta do papel que o sistema vestibular desempenha no corpo humano. "Eu não acho que seja a única explicação para experiências fora do corpo, mas, nós sabemos que essa parte interna do ouvido exerce uma função importante na forma como nos orientamos", comenta o psicólogo ao ser consultado pelo LiveScience.

Últimas notícias

Comentários