Arqueólogos podem ter descoberto a tumba do 'Papai Noel'

Uma igreja na Turquia guardaria os restos mortais de São Nicolau, que deu origem ao símbolo maior do Natal

por João Paulo Martins 05/10/2017 09:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Twitter/TheTurkNews/Reprodução
A igreja de São Nicolau, no distrito de Demre, na Turquia, pode ser o local em que estão enterrados os restos mortais de São Nicolau, o 'Papai Noel' (foto: Twitter/TheTurkNews/Reprodução)
Arqueólogos turcos podem ter descoberto o local em que estão enterrados os restos mortais de "Papai Noel". Neste caso, trata-se de uma tumba onde o corpo de São Nicolau de Mira, o homem que deu origem ao símbolo maior do Natal, pode ter sido sepultado. As escavações foram realizadas na igreja de São Nicolau, no distrito de Demre, que fica nos arredores da cidade de Antalya, na Turquia. Os cientistas encontraram vestígios de um templo muito bem preservado.

"Obtivemos resultados muito bons, mas, agora, começaremos o trabalho de verdade. O objetivo é cavar o solo e, talvez, encontremos o corpo intacto de São Nicolau", diz Cemil Karabayram, diretor do departamento de Monumentos de Antalya, em entrevista ao jornal turco Hurriyet. O especialista lembra que o santo teria nascido nessa região da Turquia.

O grupo de oito arqueólogos está trabalhando há três meses na igreja e, apesar de ter descoberto o templo, o acesso a seu interior é considerado complicado, devido às estruturas de pedra que compõem a edificação que está sobre ele.

Vale lembrar que São Nicolau morreu no ano 350 e, até hoje, a crença era de que seus restos mortais repousavam na cidade de Bari, na Itália. Ele é um dos santos mais populares do catolicismo e chegou a sofrer a perseguição do império romano por conta de sua fé em Jesus Cristo.

A descoberta em Demre se deu após cientistas terem revisado alguns documentos antigos da cidade de Bari. Eles concluíram que houve um erro de interpretação sobre a origem dos ossos que haviam chegado à cidade no século IV e que, erroneamente, teriam sido atribuídos ao "Papai Noel".

Últimas notícias

Comentários