Será que o deputado Jair Bolsonaro vai estampar as latinhas de Pepsi?

Depois de Pablo Vittar ser um dos artistas que aparecem nas latas de Coca-Cola, boato diz que Bolsonaro estará na concorrente

por Encontro Digital 13/12/2017 15:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook/Bolsonaros2/Reprodução
Apesar de muitos grupos do Facebook e páginas na internet dizerem que o deputado Jair Bolsonaro estaria estampando latas de Pepsi, a informação é falsa (foto: Facebook/Bolsonaros2/Reprodução)
Em dezembro, a Coca-Cola começou disponibilizar no mercado brasileiro algumas latas de refrigerante com imagens dos cantores Simone & Simaria, Solange Almeida, Projota, Ludmilla, Luan Santana, Valeska, Anitta, Thiaguinho e Pablo Vittar, juntamente com trechos de músicas destes artistas. Com isso, o público mais conservador, especialmente os seguidores do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), começaram a divulgar na internet que o ex-militar, pré-candidato à presidência da república, seria o escolhido para estampar as latinhas de Pepsi, principal concorrente da Coca, como contraponto à exposição de Pablo Vittar – por este ser homossexual.

Além disso, os fãs e eleitores de Bolsonaro dizem ainda que, a simples notícia de que o polêmico político estaria estampado nas latas de Pepsi-Cola já teria feito com que a bebida vendesse ainda mais e conseguisse superar a Coca no Brasil.

Porém, isso tudo não passa de boato. Apesar de vários grupos do Facebook e de algumas páginas vinculadas a grupos de direita terem "noticiado" a suposta decisão da Pepsi de "enfrentar" a Coca usando a imagem de Jair Bolsonaro, em resposta enviada ao site do jornal carioca Extra, a PepsiCo, empresa dona da marca de bebidas e dos salgadinhos Elma Chips, esclarece que não está com nenhuma intenção de expor imagens de celebridades em seus produtos e que não divulga dados de vendas de produtos no mercado brasileiro.

"A PepsiCo informa que não está produzindo latas de Pepsi com a fisionomia de personalidades brasileiras, não há previsão da realização de nenhuma ação deste tipo neste momento. A companhia reitera, ainda, que não divulga dados regionais de negócio nos países onde atua", diz o comunciado enviado ao Extra.

Por sua vez, a Coca-Cola lembra que as latas trazem não apenas o multiartista Pablo Vittar e que não houve qualquer redução nas vendas da bebida no país em virtude dessa campanha, que deve ser lançada oficialmente no dia 26 de dezembro. "Pabllo Vittar é um dos nove artistas que participam da campanha de Verão da Coca-Cola. Não é verdade que tenha havido queda de vendas ou prejuízo da Coca-Cola Brasil relacionados a essa campanha. As latas com as fotos dos artistas estão começando a ser distribuídas ao mercado", informa a empresa americana, também em nota enviada ao jornal carioca.

Últimas notícias

Comentários