Modelo argentina fica quase cega após mudar cor dos olhos

A cirurgia controversa a deixou com catarata e glaucoma

por João Paulo Martins 13/04/2018 13:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Instagram/nadinne.bruna.model/Reprodução
A modelo argentina Nadinne Bruna, de 32 anos, perdeu 80% da visão do olho direito e 50% da visão no olho esquerdo devido a uma cirurgia polêmica de mudança da cor da íris (foto: Instagram/nadinne.bruna.model/Reprodução)
Vale tudo pela beleza? Uma modelo argentina, que faz sucesso no Instagram – possui mais de 199 mil seguidores – , passou por um procedimento controverso para mudar a cor dos olhos e, agora, ela diz que está com a visão de uma pessoa de 90 anos. Nadinne Bruna, de 32 anos, perdeu a maior parte da visão após o tratamento, que consistiu na colocação de implantes de silicone para deixar as íris na cor cinza claro. A informação foi divulgada pelo tabloide britânico Daily Mail.

Como esse tipo de procedimento não é autorizado nos Estados Unidos, a modelo argentina, que mora em Miami, preciou voar para Bogotá, na Colômbia. Depois que fez a cirurgia, realizada em setembro de 2016, sua visão começou a ficar constantemente embaçada e seus olhos sempre vermelhos e doloridos. Esta situação durou meses. Isso fez com que perdesse várias sessões fotográficas, que é sua principal fonte de renda.

Agora, Nadinne está com danos irreversíveis nos olhos, o que a deixou deprimida. "Antes dessa cirurgia, meus olhos estavam completamente saudáveis. Eles estavam em boas condições. Eu fui muito ingênua. Desde essa cirurgia, tive visão embaçada. Por cerca de um ano, meus olhos ficaram constantemente vermelhos e coçando. Eles não podem mais se ajustar à luz, então, eu também tenho fotossensibilidade. Esta cirurgia fu**u completamente com minha vida", comenta a argentina em entrevista para o Daily Mail.

Depois de ser avaliada por médicos de Miami, Nadinne Bruna descobriu que está com catarata e glaucoma, devido aos danos graves sofridos pelo nervo ótico. Os especialistas disseram que ela precisa fazer transplante de córnea para voltar a enxergar um pouco melhor – ela perdeu 80% da visão no olho direito e 50% no olho esquerdo.

"Após a cirurgia, entrei em depressão profunda. Eu sou uma pessoa muito forte, geralmente, muito corajosa e inteligente. Mas, neste caso, fui completamente estúpida. Eu confiei na pessoa errada. Agora, tenho a visão de uma senhora de 90 anos. Mas, espero poder manter meu glaucoma sob controle", diz a jovem.

Segundo o tabloide britânico, a modelo chegou a viajar para a Colômbia em duas oportunidades, em março e junho de 2017, para tentar reparar os danos sofridos nos olhos. Mas, isso não foi o suficiente para resolver o problema.

Questionada se pretende processar o médico colombiano que a deixou praticamente sem visão, ela afirma que está sem condições financeiras para iniciar uma ação na justiça. "Eu ganho a maior parte do meu dinheiro com minha conta no Instagram, e não consigo fazer sessões de fotos. Não quando meus olhos estão vermelhos. Eu tenho vivido de minhas economias", relata Nadinne Bruna.

Últimas notícias

Comentários