Publicidade

Estado de Minas PETS

Sabia que os gatos podem ter pressão alta?

Assim como nos humanos, a hipertensão felina é uma doença 'silenciosa'


postado em 27/04/2018 10:43 / atualizado em 27/04/2018 16:16

Apesar de ser muito conhecida por afetar os humanos, a pressão alta também pode ser um problema para os gatos. Aliás, a hipertensão arterial em felinos é, na verdade, bastante comum. "Estudos mostram que a condição, geralmente, ocorre em gatos com sete anos ou mais, aumentando à medida que envelhecem. Acredita-se que 5% dos gatos mais velhos aparentemente saudáveis sofrem do problema", explica o médico veterinário David Grant, da ONG International Cat Care, do Reino Unido,e m entrevista para o tabloide britânico Daily Express.

Segundo o especialista, a hipertensão felina é causada em particular por duas doenças comuns em gatos mais velhos: a doença renal crônica e uma hiperatividade da glândula tireoide. Mas, existem outras doenças menos comuns que também causam o problema.

O veterinário alerta que a pressão arterial elevada em gatos é uma doença "silenciosa", assim como nos humanos, ou seja, não dá sinais de aviso até que ocorram problemas mais graves.

"Cérebro, coração, olhos e rins são particularmente vulneráveis. Os sinais podem incluir cegueira súbita devido ao descolamento da retina, insuficiência renal e problemas neurológicos. Felizmente, esses sintomas devastadores podem ser minimizados pela detecção e tratamento precoces", comenta David Grant, na mesma entrevista.

Por sorte, existe um medicamento licenciado que é eficaz no controle e na redução da pressão arterial dos gatos. "Os veterinários são encorajados a medir a pressão arterial em uma verificação de saúde anual a partir dos sete anos de idade para diagnosticar os casos de forma precoce", diz o especialista.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade