Neymar retira crédito de caricatura e desagrada ilustrador

O craque da Seleção publicou a imagem no Instagram e apagou a assinatura de Luiz Felipe Gonçalves

por Correio Braziliense 28/06/2018 17:47

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Instagram/neymarjr/Reprodução e Instagram/luizfelipeart/Reprodução
A caricatura de Luiz Felipe Gonçalves compartilhada pelo craque brasileiro Neymar não trouxe a assinatura do ilustrador carioca (foto: Instagram/neymarjr/Reprodução e Instagram/luizfelipeart/Reprodução)
Quem não gostaria de ter um trabalho divulgado gratuitamente pelo craque brasileiro Neymar Jr.? Pois é, apesar de, em princípio, ter ficado emocionado quando o atacante do Brasil e do Paris Saint-Germain (PSG) compartilhou seu desenho, o ilustrador carioca Luiz Felipe Gonçalves, que mora em Juiz de Fora, logo se decepcionou quando percebeu que sua assinatura havia sido retirada da imagem.

Ele diz que, apesar de não pretender recorrer às vias judiciais, fará o que for possível para ter a propriedade intelectual reconhecida.

O desenho foi publicado por Luiz há seis dias, antes do segundo jogo da Seleção Brasileira, diante da Costa Rica. Na quarta, dia 27 de junho, Neymar, que tem mais de 97 milhões de seguidores no Instagram, postou a mesma arte na rede social de imagens, só que sem a assinatura do desenhista. A caricatura, que traz ainda os jogadores Philippe Coutinho e Gabriel Jesus, foi visualizada mais de 3,5 milhões de vezes.

Segundo o ilustrador, a primeira sensação de ver seu desenho nas redes sociais de Neymar foi de alegria. "Esse é o meu trabalho. O craque do Brasil compartilhar um trabalho meu é como se fosse meu ápice. Quando vi que ele retirou minha assinatura, foi um sentimento de frustração e tristeza, algo que eu não sentia há muito tempo", comenta Luiz Felipe Gonçalves, que tem a arte como profissão desde 2009, em entrevista para o jornal Correio Braziliense. O jogador do PSG, além da publicação na página principal da sua conta no Instagram, ainda compartilhou a imagem no Stories e em seu eprfil oficial no Twitter.
Instagram/luizfelipeart/Reprodução
O ilustrador carioca publicou a caricatura com Neymar, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus bem antes de ser divulgada pelo atacante brasileiro (foto: Instagram/luizfelipeart/Reprodução)

De acordo com o advogado José Milagre, especialista em crimes cibernéticos, Neymar desrespeitou o previsto na Lei 9.610, de fevereiro 1998, que prevê as diretrizes sobre direitos autorais. "Não há duvida sobre a irregularidade, cabe ao reclamante o pedido de royalties. Houve a supressão do reconhecimento intelectual do artista", diz o especialista ao Correio. Ele também salienta que, geralmente, casos como esse terminam em resolução amigável.

Resolver o problema sem se indispor com o craque da Seleção Brasileira é o maior desejo de Luiz Felipe. "Continuo sendo fã dele e torcendo para que ele nos traga o hexa, apesar dessa pisada na bola comigo. Infelizmente, a imagem já está correndo o mundo sem meu nome, mas quero meu nome na legenda, pelo menos. Não vou sossegar até que consiga o reconhecimento", diz o ilustrador carioca, depois de enviar uma mensagem para a NN Consultoria, que cuida da carreira de Neymar.

Últimas notícias

Comentários