Publicidade

Estado de Minas PRODUTO

Eduardo Costa e Leonardo criaram uma marca de cachaça, sabia?

Os cantores sertanejos aproveitaram o nome do show que fazem em conjunto: Cabaré


postado em 23/11/2017 14:02 / atualizado em 23/11/2017 14:15

Além do show de sucesso Cabaré, que criaram em 2014, a partir de um disco de mesmo nome, a parceria dos cantores sertanejos Eduardo Costa e Leonardo também resultou na produção de dois modelos de cachaça. Produzidas pelo alambique Dom Tápparo, na cidade de São José do Rio Preto, em São Paulo, as bebidas são apresentadas nos formatos extra premium, mais requintada, e prata, que é similar a uma aguardente comum.

A Cabaré Extra Premium é envelhecida por 15 anos em barris de carvalho e seu teor alcoólico chega a 38%. Por ser destinada a um público mais "refinado", ela pode ser encontrada, em média, por mais de R$ 200. Já a Cabaré Prata descansa em tonéis de amendoim, o que lhe confere um sabor diferenciado e aromas mais intensos. Sua graduação alcoólica é de 38% e o preço é bem mais acessível, podendo ser encotnrada por cerca de R$ 39.

A produção das bebidas que lembram a boemia da dupla Eduardo Costa e Leonardo surgiu após a apresentação do show Cabaré na cidade de São José do Rio Preto. "Quando eles fizeram o show em Rio Preto, nós patrocinamos. Colocamos uma garrafa de cachaça em cada mesa e uma no camarim deles. Antes mesmo do show começar, eles tomaram a cachaça e gostaram. Durante a apresentação, eles continuaram tomando e elogiando a bebida no palco. Depois disso, o próximo passo foi registrar o nome Cabaré e entrar em contato com os cantores. Quando conversamos sobre a parceria, eles toparam na hora", conta Breno Tápparo, gerente de produção da Dom Tápparo.

Confira, abaixo, um vídeo dos engraçados cantores falando sobre a cachaça Cabaré e experimentando a bebida:

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade