Publicidade

Estado de Minas VEÍCULOS

Elétrico Renault 5 deve ser apresentado no Salão de Genebra

A Renault aposta no retorno do evento na cidade suíça, em fevereiro, para mostrar que tem força frente à concorrência chinesa no mercado de elétricos


postado em 07/01/2024 23:33

De estilo retrô, o Renault 5 deverá chegar ao mercado europeu em 2026 ao preço aproximado de 25 mil euros (cerca de 125 mil reais): autonomia de até 400 quilômetros(foto: Renault/Divulgação)
De estilo retrô, o Renault 5 deverá chegar ao mercado europeu em 2026 ao preço aproximado de 25 mil euros (cerca de 125 mil reais): autonomia de até 400 quilômetros (foto: Renault/Divulgação)
Como o que cada vez mais dita as regras do mercado de automóveis são os chamados "carros eletrificados", para não deixar os concorrentes que saíram na frente (chineses principalmente) darem de lavada, as marcas chamadas "tradicionais" correm atrás. A Renault é uma dessas e promete dar sua arrancada com o hatch compacto Renault 5 VE (veículo elétrico), que, em sua versão final, será a maior atração da marca francesa no Salão do Automóvel de Genebra 2024, anunciou Luca de Meo, CEO do grupo, enquanto prepara uma nova geração de veículos elétricos com preços razoáveis.

O Renault 5, de estilo "retrô", deverá chegar ao mercado europeu em 2026 ao preço aproximado de 25 mil euros (cerca de 125 mil reais), informou o fabricante. Ele terá autonomia de até 400 quilômetros e trará um sistema de infoentretenimento avatar chamado Reno que é alimentado por IA (inteligência artificial).

O nome e silhueta geral lembram o Renault 5 original, um minicarro que foi produzido de 1972 a 1996, com atualizações: mais de 8 milhões de unidades foram vendidas(foto: Renault/Divulgação)
O nome e silhueta geral lembram o Renault 5 original, um minicarro que foi produzido de 1972 a 1996, com atualizações: mais de 8 milhões de unidades foram vendidas (foto: Renault/Divulgação)
A iniciativa é parte dos esforços da montadora para dar segurança aos investidores e continuar seu crescimento no mercado de ações na área de VEs (veículos elétricos), que tem encontrado barreiras pela baixa demanda por elétricos e a cada vez mais acirrada concorrência chinesa. As primeiras informações indicavam que o Renault 5 seria construído na unidade industrial de Novo Mesto na Eslovênia, onde é fabricado o Renault Twingo a combustão. Versões mais recentes indicam que houve mudança de planos e ele será construído no complexo industrial ElectriCity da Renault no norte da França, agora parte da Ampere, a nova divisão de veículos elétricos do grupo. De Meo falou sobre o lançamento em Genebra do Renault 5, quando esteve há poucas semanas em Paris para promover um IPO para a Ampere.

O grupo Renault é o único entre os principais fabricantes europeus de automóveis a já confirmar participação no Salão de Genebra, mostra que não acontece desde 2019. O evento anual foi cancelado na última hora em 2020 devido às restrições impostas pela pandemia. No entanto, a natureza contenciosa desse cancelamento – os organizadores invocaram uma cláusula de "força maior" – prejudicou as relações com as montadoras, o que fez com que o show não conseguisse atrair número suficiente de expositores em 2021 e 2022.
A expectativa agora é que de 30 a 40 marcas participem do show de 2024, informaram os organizadores, acrescentando que uma lista completa será divulgada um mês antes do show, agendado para ocorrer de 26 de fevereiro a 3 de março. Os fabricantes alemães BMW e Audi já avisaram que não participarão de Genebra.

O grupo Renault é o único entre os principais fabricantes europeus de automóveis a já confirmar participação no Salão de Genebra: mostra não acontece desde 2019(foto: Renault/Divulgação)
O grupo Renault é o único entre os principais fabricantes europeus de automóveis a já confirmar participação no Salão de Genebra: mostra não acontece desde 2019 (foto: Renault/Divulgação)
O Renault 5 foi inicialmente apresentado na modalidade "conceito" em 2021. Seu nome e silhueta geral lembram o Renault 5 original, um minicarro que foi produzido de 1972 a 1996, com atualizações. Mais de 8 milhões de unidades foram vendidas. Ele será seguido em 2025 pelo Renault 4 compacto, totalmente elétrico, que também utilizará a plataforma compacta Ampere (AmpR).

O Renault 5 irá substituir o VE compacto Zoe. Seu papel será competir com os VEs compactos das marcas da Stellantis, o que inclui o Peugeot e-208 e o Opel/Vauxhall-e, embora esses dois modelos comecem na faixa dos 30 mil euros (150 mil reais, aproximadamente). Outros concorrentes com preços similares incluem a próxima geração do Citroën New e-C3, que será lançado a 23.300 euros, e o modelo potencial similar da marca Fiat. Também a Volkswagen e a Tesla deverão lançar VEs de menor custo. O plano da Ampere é lançar seis modelos VE até 2030. Sua meta é produzir 600 mil veículos elétricos em 2026 e chegar a 1 milhão em 2031.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade