Publicidade

Estado de Minas FESTIVAL

Festa de encerramento do festival Botecar agita o Mercado Central

Evento premiou os cinco melhores tira-gostos de BH, segundo os próprios clientes


postado em 05/06/2017 08:50

Na sexta, dia 2 de junho, o estacionamento do Mercado Central, na região central de Belo Horizonte, foi palco da Resenha Botecar, festa que encerra o maior festival de botecos "de raiz" da capital mineira. Com muito pagode da banda Trem das Onze, o público, que lotou o espaço, pôde conferir os cinco melhores bares da cidade, escolhidos pelos próprios clientes. Foram 50 estabelecimentos participantes da edição 2017 do festival.

O primeiro lugar ficou com o Agosto Butiquim, que é comandado pelos chefs Joana de Castro e Lucas Brandão. O prato vencedor que eles criaram recebeu o nome de Vazio Carnudo, Prato Meio Cheio de Tudo, inspirado num poema do escritor paranaense Paulo Leminski. O saboroso quitute leva fraldinha assada lentamente com pétalas de cebola roxa, chipas de mandioca com gergelim e abobrinha em conserva, regadas ao molho de cerveja preta.

Dando sequência à premiação, o segundo melhor tira-gosto foi o do Armazém Medeiros e o terceiro, o do Bar do Zezé. Quem levou a quarta posição foi o Bar do Veio e, a quinta, o Adega & Churrasco.

Vale lembrar que a Resenha Botecar, este ano, foi open bar e open food, ou seja, o público desfrutou de bebida e comida liberadas. Além da cerveja gelada, os convidados tiveram à disposição 12 variedades de tira-gostos típicos de boteco: carne cozida ao molho com pão francês; copa lombo defumado; frango xadrez; linguicinha de pernil; fígado acebolado com jiló; polentinha ao molho bolonhesa; tropeirinho grill; fritata italiana; bolinho de feijão; mini sanduíche de pernil; mandioquinha e mini pasteis.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade