Verão começa e traz expectativa das típicas tempestades no sudeste

Minas Gerais ainda pode ter um 'veranico' entre janeiro e fevereiro

por Encontro Digital 21/12/2017 14:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.


Pixabay
(foto: Pixabay)
A partir da tarde desta quinta, dia 21 de dezembro, tem início o Verão. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é que a nova estação tenha chuvas regulares na maior parte do país. Entretanto, os próximos três meses receberão a influência do fenômeno La Niña, com intensidade mais fraca, o que pode alterar um pouco as condições climáticas, segundo o Inmet.

O Verão é caracterizado, normalmente, por temperaturas elevadas em todo o país e com mudanças rápidas nas condições de tempo, com chuvas e ventos fortes, queda de granizo e raios, em todas as regiões do Brasil. Com a presença do La Niña, pode ocorrer chuva mais contínua nas regiões centro-oeste e sudeste; chuva acima do normal nas regiões norte e nordeste e irregularidade na distribuição da chuva na região sul.

Em relação à temperatura, a previsão do Inmet é que fique acima do normal na região sul; normal ou mais baixa nas regiões sudeste e centro-oeste; e dentro da normalidade nas regiões nordeste e norte do país.

Para quem não sabe, o La Niña é o resfriamento das águas do oceano Pacífico. Ainda conforme o Inmet, esse resfriamento vem sendo observado desde agosto e indica a permanência do fenômeno pelo menos até março de 2018.

O prognóstico do Verão aponta ainda que a temperatura da água do Atlântico Sul também esteve mais fria nos últimos meses, enquanto no Atlântico Norte observam-se temperaturas mais quentes. "Caso as duas condições se mantenham, poderá ocorrer uma condição chamada de dipolo positivo do Atlântico Tropical, o que é desfavorável às chuvas no norte das regiões norte e nordeste", informa o instituto.

Região sudeste

De acordo com a previsão do Inmet, o trimestre na região sudeste será marcado por chuvas intensas, acompanhadas de rajadas de ventos e, por vezes, com queda de granizo. Normalmente, essas chuvas são intercaladas com a passagem de frentes frias, que ainda influenciam o clima, principalmente na porção leste da região. A massa de ar quente e úmida domina nesta época do ano, contribuindo para a elevação das temperaturas e a formação de áreas de instabilidade no período da tarde.

Para Minas Gerais, principalmente no centro-norte e leste do estado, o Inmet alerta que a ocorrência de veranico é comum, em meados de janeiro e durante o mês de fevereiro. São períodos de dias consecutivos sem chuva e com temperatura máximas elevadas.

O Verão termina às 13h15 do dia 20 de março de 2018, com o equinócio de Primavera no hemisfério norte e do outono no sul – quando os dois hemisférios da Terra recebem a mesma quantidade de luz solar.

(com Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários