Publicidade

Estado de Minas CONSUMO

Brasileiros estão bebendo mais cerveja

Bebida está presente em 63,4% das casas, segundo pesquisa


postado em 10/12/2018 12:40 / atualizado em 10/12/2018 11:37

(foto: Pexels)
(foto: Pexels)

Com os dias mais quentes, muitos brasileiros aproveitam o fim do expediente para apreciar uma cerveja gelada. Não é à toa que a bebida está presente em 63,4% dos domicílios do país em 2018 – o índice chegava a 62,7% em 2017 e 62,3% em 2016. Os dados fazem parte de uma pesquisa da Kantar Worldpanel e são referentes aos 12 meses anteriores a setembro e revelam ainda que mais de 500 mil lares passaram a consumir cerveja no período avaliado.

O volume da bebida presente nas casas também registrou alta: neste ano foram 4,5 l em média, comparado a 4,2 e 4,46, respectivamente, em 2016 e 2017. O gasto médio com o produto subiu de R$ 286, há dois anos, para R$ 342, em 2018. O bom desempenho da bebida dentro dos lares, no entanto, não impede que seja longe de casa onde ocorra a maior parte do consumo: 64% do volume é consumido fora do lar.

Aliás, de acordo com a Kantar, o consumo de cerveja em bares e restaurantes cresceu 9,4% nos 12 meses anteriores a julho de 2018 em comparação com o mesmo período do ano passado. A pesquisa mostra que o que mais pesa na escolha do produto é a busca por sabor (62%). Ainda conforme o levantamento, 85% do consumo de cerveja dentro em casa ocorre na refeição principal, sendo que em 22% delas é harmonizado com churrasco.

Quando se trata da chamada geração millennials ou Y, nascidos após o ano 2000, o comportamento em relação às bebidas muda se a geração tem ou não filhos. Pais de crianças entre 0 e 2 anos gastam 54,6% com bebidas lácteas e 10,1% com cerveja; já os que não têm herdeiros empregam 35% com laticínios e 22% com a bebida.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade