Publicidade

Estado de Minas PERFIL | HERDEIROS

Mariana Abrão Normanha, 32 anos

Diretora da Tecar em Minas


postado em 16/03/2017 13:55 / atualizado em 16/03/2017 14:05

A família Normanha saiu da área de saúde para o ramo de automóveis. Empreendedor, o médico João Maurício Normanha era sócio de uma clínica de radiologia em Goiânia quando começou a usar o estacionamento do local para revender carros. O negócio deu tão certo que ele comprou a primeira concessionária em 1992. A segunda loja do grupo, em BH, também teve uma mãozinha da medicina. Em certa ocasião, o médico estava no Salão do Automóvel e percebeu que o então superintendente da Fiat, Giovanni Razelli, não estava passando bem. Quando ele lhe mostrou a perna com algumas marcas, Normanha sugeriu que o executivo fosse se consultar com um médico imediatamente, pois aquilo poderia ser sintoma de algo grave. Uma semana depois, Razelli telefonou e agradeceu a João Maurício pelo diagnóstico acertado. Foi como o médico se aproximou do executivo, que depois lhe ofereceu a oportunidade de uma concessionária na capital mineira, aberta em 1997. Quando a filial precisou de mais autonomia e espaço para crescer, foi a filha mais nova do radiologista quem decidiu assumir a empreitada. Sob direção de Mariana, de 2008 para cá, a única loja Tecar de BH se transformou em cinco, vendendo não apenas Fiat, mas também Volkswagen e, desde 2015, Jeep. "Ainda há espaço para crescimento", afirma. Mariana diz que até pensou em empreender fora do negócio da família, mas concessionárias exigem dedicação exclusiva - motivo pelo qual, mesmo grávida de nove meses do segundo filho, continua marcando presença nas lojas.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade